OceanPact (OPCT3) tem lucro líquido de R$ 21 milhões no 1T24

Companhia volta a ter lucro e destaca eficácia operacional e controle de endividamento.

Equipe InfoMoney

(Divulgação/Imprensa OceanPact)

Publicidade

A OceanPact (OPCT3), prestadora de serviços no setor marítimo, apresentou um lucro líquido de R$ 21 milhões no primeiro trimestre de 2024 (1T24), uma recuperação comparada ao prejuízo de R$ 5,5 milhões no mesmo período do ano anterior.

No que se refere ao Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) ajustado, a companhia alcançou R$ 144 milhões, marcando um crescimento de 43% em relação ao 1T23. Esse aumento foi impulsionado, segundo a companhia no documento publicado nessa segunda-feira (13), “pela eficiência operacional e pela expansão das atividades, com a OceanPact não apenas melhorando suas margens, mas também aumentando sua capacidade de geração de caixa”.

A receita líquida também viu um aumento, crescendo 25% no ano, para R$ 490 milhões. Esse crescimento, eles explicam, foi apoiado pela diversificação dos serviços e pela expansão em novos mercados. Além disso, novos contratos assinados adicionaram R$ 1,2 bilhão à receita futura, demonstrando um potencial sustentável de crescimento.

Continua depois da publicidade

Em termos de endividamento, a empresa relatou uma razão dívida líquida/EBITDA ajustada melhorando para 1,57x, abaixo do limite covenant de 2,6x.

As explicações da administração reiteram o “compromisso com a segurança, a inovação e a sustentabilidade, além da contínua busca por eficiência operacional para suportar o crescimento a longo prazo”.

(Texto feito com ajuda de inteligência artificial / Edição: Vitor Azevedo)