Prestadora de serviços marítimos

OceanPact (OPCT3) tem prejuízo 145% maior no quarto trimestre de 2021, com perdas de R$ 14,5 mi

A receita líquida no período, por sua vez, totalizou R$ 293,8 milhões, 87,7% superior à receita de R$ 156,5 milhões de um ano antes.

Por  Equipe InfoMoney

A OceanPact Serviços Marítimos (OPCT3) teve prejuízo líquido de R$ 14,5 milhões no quarto trimestre de 2021, alta 145% superior na comparação com as perdas de R$ 5,9 milhões registradas em igual período de 2020.

A receita líquida nos últimos três meses do ano totalizou R$ 293,8 milhões, 87,7% superior à receita de R$ 156,5 milhões de um ano antes.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 74,3 milhões nos últimos três meses do ano passado, 221,2% superior frente igual período de 2020.

A margem Ebitda foi de 25,3% no 4T21, crescimento de 10,5 pontos percentuais contra o 4T20.

No 4T21, a frota da Companhia totalizou 34 barcos, sendo 32 embarcações no segmento de Embarcações e 2 barcos no segmento de Serviços.

Em 2021, a frota operacional média gerando receita foi de 18,5 embarcações, aumento de 3,7 em relação às 14,8 embarcações de 2020. No 4T21, a frota operacional média gerando receita foi de 20,9 embarcações, aumento de 0,9 com relação às 20,0 embarcações no 3T21 devido a entrada em operação do Rochedo de São Pedro (novembro), Rochedo de São Paulo (dezembro) e Ilha das Flechas (dezembro). Em janeiro de 2022 entraram em operação as embarcações Larissa e Ilha de Santana.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe