MSCI

O que é o MSCI, o índice que derrubou duas ações e fez a B2W saltar mais de 3%

 Papéis reagiram ao rebalanceamento do índice MSCI Brazil Index  

SÃO PAULO – O MSCI (Morgan Stanley Capital International) anunciou na terça-feira (13) a revisão semestral de suas carteiras teóricas. Uma ação brasileira foi incluída e outras duas foram retiradas do índice MSCI Brazil Index, índice de ações brasileiras desenvolvido pelo banco seguido por fundos passivos pelo mundo. Devido à sua importância para os investidores estrangeiros, esses papéis reagiram nesta quarta-feira (14).

Na revisão semi-anual de novembro, foram adicionados as ações da B2W (BTOW3) e foram excluídos os papeis da Energias do Brasil (ENBR3) e Odontoprev (ODPV3). Todas essas alterações serão efetivadas no último fechamento deste mês, mas, neste período de adequação do mercado à nova carteira, os investidores aproveitam para operar essa informação.

Como diversos fundos passivos utilizam os índices MSCI como referência, ações que são incluídas geralmente respondem com valorização – e as excluídas em suma apresentam queda. Como precisam acompanhar o benchmark, eles precisam encarteirar ou se desfazer destes ativos para que a performance fique em linha com o movimento do MSCI.

Não por acaso, no fechamento do pregão desta quarta-feira, as ações da Energias do Brasil e da Odontoprev recuaram 5,51% e 3,20%, respectivamente, enquanto os papéis da B2W subiram 3,60%.

Em termos de fluxo, as ações da Odontoprev terão a maior pressão vendedora, equivalente a 1,2 dia de negociações com seus ativos, segundo os cálculos do Itaú BBA.

Veja abaixo as mudanças do MSCI entre as três ações brasileiras:

EmpresaMovimentoPreço da AçãoDesempenho da AçãoVolume Médio*Dias de Trade**
B2WEntradaR$ 34,30+3,62%R$ 119 milhões0,5
Energias do BrasilSaídaR$ 13,48-4,80%R$ 49,6 milhões0,7
OdontoprevSaídaR$ 13,45-2,11%R$ 24,7 milhões1,2

*Volume médio dos últimos 21 dias
**Fonte: Itaú BBA

Quer ser sócio das empresas que fazem parte do MSCI? Abra uma conta na XP e invista em ações.

 

PUBLICIDADE