Destaques da Bolsa

“Novata” da Bovespa cai até 8% depois de balanço e small cap dispara 85% com ressarcimento de R$ 110 mi

Confira os principais destaques de ações da Bovespa nesta quinta-feira

Petrobras (PETR3, R$ 13,99, -1,13%;PETR4, R$ 13,46, -1,46%)
Depois de esboçarem um dia de queda, as ações da Petrobras viraram para alta, dando continuidade à euforia ontem, quando subiram 5% na esteira do balanço do 4° trimestre, que foi bem recebido pelo mercado. Embora o lucro líquido do período tenha ficado um pouco abaixo das estimativas (R$ 2,5 bilhões x R$ 2,8 bilhões), os analistas destacaram como positivo a geração de caixa e redução da alavancagem da estatal (veja mais aqui). 

Hoje, o mercado reage também ao comentário da Petrobras sobre uma reportagem da Folha de S.Paulo informando que empresa venderá por US$ 40 milhões as sondas compradas por US$ 720 milhões. A estatal disse que preços baixos do petróleo levaram a uma queda na demanda por plataformas em todo o mundo e que estaria acompanhando movimento das demais empresas. A Petrobras informou, em comunicado por e-mail em 17 de março,
que o preço de US$ 40 milhões é apenas uma referência.

Gerdau (GGBR4, R$ 11,72, -0,17%) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4, R$ 5,35, -1,11%)
A holding controladora do grupo siderúrgico Gerdau, Metalúrgica Gerdau confirmou nesta quarta-feira a relação de 1 para 1 na troca de ações proposta em oferta pública (OPA), como parte de acordo da companhia com o BTG Pactual.

PUBLICIDADE

A Metalúrgica informou que contratou o Bradesco BBI para ser intermediário da OPA e que por meio dele poderá adquirir até a totalidade das ações ordinárias da Gerdau remanescentes na oferta, num total de 88.007.769 de ações.

No começo deste mês, a Metalúrgica anunciou acordo com o BTG Pactual por meio do qual o banco trocará 34.209.522 ações ordinárias da Gerdau por 33.358.668 papéis preferenciais da companhia. A OPA é consequência do aumento de participação da holding na siderúrgica.

Vale (VALE3, R$ 29,08, -1,09%; VALE5, R$ 27,63, -1,25%)
As ações da Vale caem nesta sessão, em dia misto para os preços do minério de ferro. Enquanto a commodity negociada com 62% de pureza no porto chinês de Qingdao subiu 1,61%, a US$ 86,36 a tonelada, os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dailian caíram 1,86%, a 581 iuanes. 

O pregão é negativo também para as ações da Bradespar (BRAP4, R$ 21,10, -1,40%) – holding que detém participação na Vale – e para as siderúrgicas, com Gerdau, Metalúrgica Gerdau, Usiminas (USIM5, R$ 4,18, -0,48%). A exceção era CSN (CSNA3, R$ 10,09, -0,90%), que esboçava ligeira alta. 

Oi (OIBR4)
Depois de oito horas de reunião, o Conselho de Administração da Oi aprovou o plano alternativo de recuperação judicial da empresa, segundo informou a coluna radar on-line, da Veja. Pelo acordo, os acionistas aceitam dar imediatamente 25% das ações aos credores como forma de abater a dívida.

Apesar de ser uma decisão importante, ainda é preciso aguardar a aprovação dos credores para que o plano siga em frente. Ambos os lados estão pressionados porque, caso não cheguem a um acordo, a Anatel pode intervir na companhia, diz a matéria.

PUBLICIDADE

A companhia telefônica também divulgou seu resultado nesta noite. A operadora teve prejuízo líquido de R$ 7,1 bilhões em 2016 ante R$ 6,6 bilhões em 2015. Considerando apenas o resultado do quarto trimestre, a empresa teve prejuízo líquido de operações continuadas de R$ 3,3 bilhões, uma queda de 29,8% sobre um ano antes.

Segundo a empresa, o resultado anual foi impactado principalmente por uma baixa contábil de R$ 2,8 bilhões referentes a créditos tributários sobre prejuízo fiscal, refletindo estimativas de resultado tributário do plano de recuperação judicial. O prejuízo líquido antes dos impostos no ano passado foi de R$ 3,2 bilhões, perda 47% menor do que a registrada em 2015.

De acordo com o Bradesco BBI, diante dos recentes comunicados dos bondholders “acreditamos que a nova proposta da empresa ainda enfrentará grande resistência”; “uma intervenção da Anatel parece estar ganhando terreno, assumindo que
os detentores de dívida não aceitem o plano, já que os acionistas querem evitar uma diluição maior”.

A Oi também informou  que teve prejuízo líquido de 7,1 bilhões de reais em 2016 ante 6,6 bilhões de reais em 2015. Considerando apenas o resultado do quarto trimestre, a empresa teve prejuízo líquido de operações continuadas de 3,3 bilhões de reais, uma queda de 29,8 por cento sobre um ano antes. O Ebitda de rotina consolidado foi  de R$ 1,76 bilhões, ante estimativa R$ 1,71 bilhão. 

O Itaú BBA espera reação neutra a “bons resultados” das operações no Brasil já que investidores estarão concentrados no anúncio do plano de recuperação; “nossa
opinião é de que o plano de recuperação da Oi também deve incluir uma injeção de capital para garantir que a NewCo comece com capacidade de investimento”.

Movida (MOVI3, R$ 8,26, -5,28%)  

As ações da Movida afundaram até 8% nesta sessão, um dia após a divulgação do balanço. Apesar da reação negativa, analistas da XP Investimentos comentaram que o resultado mostrou uma forte evolução da receita, que subiu 30,5% no 4° trimestre, atingindo R$ 493 milhões. Por sua vez, a empresa viu seu lucro cair 92,6% no quarto trimestre na comparação anual, de R$ 15,28 milhões para R$ 1,129 milhão. 

Vale menção que nos últimos 8 pregões as ações da empresa subiram 15% em meio à uma avalanche de relatórios –  BTG Pactual, Morgan Stanley, Santander e Bradesco BBI – iniciando a cobertura da ação com recomendação de compra. Vale lembrar que o papel estreou na BM&FBovespa no dia 9 de fevereiro. 

PUBLICIDADE

JB Duarte (JBDU3, R$ 3,20, +72,97%;JBDU4, R$ 3,44, +84,95%)

Operando entre leilões, as ações ONs e PNs da JB Duarte disparam mais de 70% nesta sessão. No radar, o Supremo Tribunal Federal deu despacho favorável à JB Duarte em recurso extraordinário impetrado pela Receita Federal em questionamento sobre ressarcimento de imposto de importação de trigo, segundo comunicado da empresa à CVM.

A companhia calculou que ressarcimento será de R$ 110 milhões, ainda a depender de determinação de valor pela Justiça. O valor ainda não se encontra contabilizado pela JB Duarte.