Comentário Diário

Nova proposta para evitar abismo fiscal anima os mercados

No fim da tarde de segunda-feira Barack Obama apresentou proposta de aumento de impostos e corte de gastos

SÃO PAULO – Mais uma vez os investidores devem acompanhar o noticiário político para investir. Os principais mercados europeus registram ligeira alta nesta manhã de terça-feira (18) após a imprensa internacional revelar uma nova proposta de Barack Obama para impedir que o abismo fiscal aconteça.

Segundo publicado pela Reuters no fim da segunda-feira, que cita uma fonte próxima à negociação, a oferta de Obama inclui US$ 1,2 trilhão em aumento de receitas e US$ 1,2 trilhão em corte de gastos.

Já a Associated Press, também citando fontes que preferiram não se identificar, diz que Obama pretende elevar os impostos para pessoas com salários acima de US$ 400 mil (a proposta anterior era para salários acima de US$ 250 mil), além de elevar em US$ 200 bilhões as propostas de cortes, quando comparado à última oferta.

Com isso, os índices acionários na Europa estão no positivo. O Ibex 35, de Madri, se destaca ao avançar 1,02%. O DAX, da Alemanha, avança 0,55%.

A agenda de indicadores deste pregão também é pouco relevante, o que deve contribuir para o foco nas discussões políticas nos EUA. Às 11h30 os norte-americanos divulgarão os dados de conta corrente do terceiro trimestre, enquanto por aqui sairão dados de inflação e a nota do setor externo.

Já na Espanha, uma notícia ruim. Os maus empréstimos, isso é, que não foram pagos, subiram de 10,7% em setembro para 11,2% em outubro, o que lembra aos investidores que a crise continua séria na zona do euro, apesar da recente melhora no mercado acionário.