Em mercados

Preocupação do Fed com taxas perto de zero abre porta para corte

Embora investidores torçam por uma redução, economistas não esperam um movimento esta semana e estão divididos sobre um possível corte das taxas em 2019  

Federal Reserve
(Flickr/Federal Reserve)

(Bloomberg) -- A frequente afirmação do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, de que sustentar a expansão econômica dos Estados Unidos é o objetivo "mais amplo" do banco central americano abre as portas para cortes potencialmente intensos das taxas de juros.

O momento, alcance e se tais medidas estão de fato em seus planos podem se tornar mais claros quando Powell e seus colegas se encontrarem nesta terça e quarta-feira em Washington.

Embora investidores torçam por uma redução, economistas não esperam um movimento esta semana e estão divididos sobre um possível corte das taxas em 2019.

A estimativa mediana da pesquisa mais recente da Bloomberg mostra uma redução de 0,25 ponto percentual em dezembro, embora seja uma aposta apertada.

A suspeita de alguns observadores do Fed, no entanto, é que a pista de uma desaceleração sustentada seria suficiente para o Fed realizar um corte e que as autoridades de política monetária devem reconhecer essa necessidade esta semana. Uma razão é que o presidente sinalizou que está preocupado com o fato de que as taxas ainda estão muito baixas, o que significa que pode ser melhor agir antes e evitar uma recessão do que esperar e ver a economia afundar com o Fed tendo espaço limitado para agir.

As perspectivas de uma mudança aumentaram nas últimas semanas com a escalada da guerra comercial de Donald Trump com a China e com alguns sinais de fraqueza da economia dos EUA.

"Eles serão muito reativos se os dados confirmarem uma pequena desaceleração", disse Priya Misra, chefe global da estratégia de taxa de juros da TD Securities. “Serão mais preventivos e mais agressivos. E abrirão a porta para um corte da taxa" na reunião desta semana.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações

 

 

Contato