Em mercados

Comissão da UE estima expansão de 1,1% na zona do euro em 2014

Crescimento da região será ligeiramente mais lento no próximo ano do que esperado anteriormente devido à demanda privada mais fraca, investimentos e a inflação abaixo da meta

símbolo do euro no BCE
(Kai Pfaffenbach/Reuters)

BRUXELAS - A economia da zona do euro irá expandir de forma ligeiramente mais lenta no próximo ano do que esperado anteriormente devido à demanda privada mais fraca, e os investimentos e a inflação permanecerão bem abaixo da meta do banco central nos próximos dois anos.

As estimativas da Comissão Europeia publicadas nesta terça-feira apontam que a economia dos 18 países que irão compartilhar o euro a partir do próximo ano irá crescer 1,1 por cento em 2014, após contração de 0,4 por cento neste ano. Em 2015, o crescimento da zona do euro deve acelerar para 1,7 por cento.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

 

Contato