Em mercados

Ibovespa abre em leve alta, impulsionado por Grécia e PIB dos EUA

País europeu deverá receber nova parcela de ajuda do FMI e União Europeia; economia norte-americana surpreende

SÃO PAULO – O Ibovespa inicia o pregão desta sexta-feira (24) em leve alta de 0,41%, a 61.442 pontos, impulsionado pelo vislumbre de uma solução favorável para a crise da Grécia, bem como por dados melhores que o esperado sobre a economia dos EUA.

Na volta do feriado de Corpus Christi, os investidores buscam incorporar o fluxo pesado de notícias da véspera no cenário externo, especialmente o anúncio de que os membros da IEA (Agência Internacional de Energia) vão ofertar 60 milhões de barris de petróleo.

Também ganhou destaque a divulgação de que autoridades gregas chegaram a um acordo com o FMI (Fundo Monetário Internacional) e a União Europeia, garantindo a liberação da próxima parcela no pacote de ajuda ao país. Todavia, as medidas de austeridade fiscal só devem ser votadas pelo parlamento local na próxima semana.

A agenda ainda ganha o apoio dos dados revisados sobre o PIB dos EUA, com alta de 1,9% no primeiro trimestre de 2011, o que bateu as expectativas do mercado. A expansão de 1,9% dos pedidos de bens duráveis também surpreenderam os analistas.

Perspectivas
“O Ibovespa segue sem mostrar força na recuperação, com resistências imediatas entre 61.600 e 62.000 mil pontos. O movimento principal continua sendo de queda, operando dentro do canal de baixa, com suporte intermediário em 60.800 pontos e apoio principal na faixa de 60 mil pontos”, afirmou o analista técnico da Gradual Investimentos, Régis Chinchila.

Ações em destaque
Dentre os papéis que são negociados nesta manhã, destaque para GOL PN N2 (GOLL4, R$ 18,04, +2,21%),  Duratex ON (DTEX3, R$ 13,04, +1,72%),  Copel PNB (CPLE6, R$ 42,15, +1,57%),  Cemig PN (CMIG4, R$ 31,33, +1,56%) e Brasil Ecodiesel ON (ECOD3, R$ 0,69, +1,47%).

 

Contato