Nos EUA, First Citizens fecha compra do Silicon Valley Bank (SVB)

As 17 ex-agências do SVB reabrirão como First Citizens Bank a partir desta segunda-feira

Estadão Conteúdo

Silicon Valley Bank (Justin Sullivan/Getty Images)

Publicidade

O First Citizens Bank, um dos maiores bancos regionais dos EUA, fechou acordo para comprar o Silicon Valley Bank (SVB), mais de duas semanas após a quebra do SVB abalar o setor bancário e derrubar os mercados financeiros globais.

A transação envolve a venda de US$ 119 bilhões em depósitos e cerca de US$ 72 bilhões em empréstimos do SVB, com desconto de US$ 16,5 bilhões. Cerca de US$ 90 bilhões em títulos do SVB permanecerão em liquidação judicial, segundo comunicado divulgado pelo Federal Deposit Insurance Corp. (FDIC), no domingo (26) à noite.

As 17 ex-agências do SVB reabrirão como First Citizens Bank a partir desta segunda-feira, 27.

Continua depois da publicidade

Reguladores federais dos EUA tomaram o controle do SVB, que tem sede em Santa Barbara (Califórnia), em 10 de março.

A quebra deflagrou um movimento de pânico que levou ao colapso também do Signature Bank e à intervenção federal, numa tentativa de estabilizar o sistema bancário americano.