Netflix (NFLX34) tem alta no lucro e no número de assinantes no 2º trimestre, mas receita decepciona

Receita da gigante de streaming foi de US$ 8,19 bilhões nos três meses encerrados em junho; a expectativa da FactSet era de US$ 8,29 bi

Estadão Conteúdo

(Shutterstock)

Publicidade

A Netflix (NFLX34) registrou lucro líquido de US$ 1,49 bilhão no segundo trimestre de 2023, ou de US$ 3,29 por ação diluída. O resultado ficou acima dos US$ 1,44 bilhão, ou US$ 3,20 por ação diluída, de igual período de 2022, segundo balanço divulgado há pouco. Analistas ouvidos pela FactSet previam resultado menor, de US$ 2,85 por ação.

A receita da gigante de streaming foi de US$ 8,19 bilhões nos três meses encerrados em junho, um crescimento em relação aos US$ 7,97 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. A expectativa da FactSet era de receita maior, de US$ 8,29 bilhões.

O serviço registrou globalmente 238,39 milhões de assinantes, um avanço ante 220,67 milhões registrados no segundo trimestre de 2022. O resultado ficou acima do esperado da FactSet, de 234,6 milhões de assinantes.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Nossas principais métricas financeiras são receita para crescimento e margem operacional para lucratividade. Nosso objetivo é acelerar o crescimento da receita, expandir nossa margem operacional e gerar fluxo de caixa livre crescente”, apontou a empresa, em relatório.

Após o balanço, a ação da Netflix 5% no after hours em Nova York, às 17h31 (de Brasília).