Conteúdo editorial apoiado por

Na China, fundo de investimento e regulador se mobilizam para resgatar mercados acionários

A Central Huijin Investment, fundo soberano que controla bancos estatais da China, prometeu ampliar compras de fundos de índices de ações, ao passo que o regulador disse que irá se esforçar para garantir a estabilidade do mercado

Estadão Conteúdo

BEIJING, CHINA - JANUARY 06: (CHINA OUT) Investors observe stock market at an exchange hall on January 6, 2016 in Beijing, China. Chinese stock market rebounded after two days' decline. The Shanghai Composite Index rose 22.53 points, or 0.69% to 3310.24 points and Shenzhen Composite Index ran up 45.83, or 0.40% to 11513.89 points. (Photo by VCG/VCG via Getty Images)

Publicidade

Um grande fundo de investimento e o regulador de valores mobiliários da China se mobilizaram na tentativa de resgatar os mercados acionários chineses, que acumularam fortes perdas recentes em meio a preocupações com a fragilidade da recuperação da segunda maior economia do mundo. A Central Huijin Investment, fundo soberano que controla bancos estatais da China, prometeu ampliar compras de fundos de índices de ações, ao passo que o regulador disse que irá se esforçar para garantir a estabilidade do mercado.

Na esteira dos anúncios, as bolsas chinesas tiveram uma recuperação vigorosa nesta terça-feira, 6, interrompendo uma sequência de seis pregões negativos. Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto avançou 3,23%, a 2.789,49 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto saltou 5,14%, a 1.506,79 pontos, no seu melhor dia desde fevereiro de 2019.

A comissão reguladora de valores mobiliários da China (CSRC, pela sigla em inglês) elogiou a iniciativa da Central Huijin Investment, dizendo que o “nível historicamente baixo” dos preços das ações realça o seu valor de investimento a médio e longo prazos.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Apoiamos firmemente a Central Huijin a continuar aumentando a escala e a intensidade de suas participações, e criaremos condições mais convenientes e canais mais suaves para as suas operações no mercado”, afirmou a CSRC, em comunicado. O regulador também prometeu “fazer todos os esforços para manter o funcionamento estável do mercado”.

O regulador disse também que facilitará compras de ações por investidores institucionais, como fundos públicos, fundos de capital privado, sociedades de valores mobiliários, fundos de previdência, instituições de seguros e fundos de pensão, e incentivará as empresas a impulsionar recompras de ações.

Em outro comunicado, a CSRC encorajou empresas listadas a intensificar operações de fusão, aquisição e reestruturação para aumentar seu valor e “fortalecer a sensação de ganhos entre os investidores”.

“Muitas empresas listadas aperfeiçoaram sua qualidade e eficiência e tornaram-se melhores e mais fortes através de fusões, aquisições e reestruturações, afirmou o regulador. *Com informações da Associated Press.