MRV (MRVE3) cai 9,46% após UBS BB cortar ação para neutra e preço-alvo em 57,5%

De acordo com os analistas do banco, o rebaixamento ocorre devido à alta complexidade financeira da MRV

Equipe InfoMoney

Publicidade

As ações da MRV (MRVE3) apareceram entre as maiores quedas do Ibovespa na sessão desta quinta-feira (8). Além do dia mais negativo para as empresas cíclicas com a alta dos juros futuros, os papéis também sofreram após o UBS BB reduzir a recomendação de compra para neutra.

O preço-alvo também foi reduzido, de R$ 20 para R$ 8,50 (um corte de 57,5%, mas representando um potencial de valorização de 15% frente o fechamento da véspera). MRVE3 caiu 9,46%, a R$ 6,70; no ano, a queda é de cerca de 40%.

De acordo com os analistas do banco, o rebaixamento ocorre devido à alta complexidade financeira da MRV, que se tornou mais dependente de concessões de crédito, aumentando o risco e a complexidade do seu modelo de negócios no Brasil.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O UBS BB vê consequências da pressão de custos durante a covid, enquanto as concessões pro soluto e a dispendiosa titularização complicam as projeções para geração de caixa”.

O banco vê que o fraco desempenho operacional pode levar a uma queima de caixa no curto prazo, enquanto potenciais futuras emissões tendem a pesar nas despesas financeiras.

A inadimplência de ativos emitidos pela MRV não é uma fonte de preocupação, mas o UBS BB também vê que um crédito sem garantias estaria com “poucos detalhes em suas demonstrações financeiras”.