Morgan Stanley rebaixa ações da Zamp (ZAMP3), dona do Burger King, para neutra

Corte reflete um impulso de vendas mais fraco, com analistas projetando Ebitda 20% abaixo do consenso de mercado para este ano

Felipe Moreira

Publicidade

O Morgan Stanley rebaixou a recomendação para as ações da Zamp (ZAMP3), dona do Burger King, de overweight (exposição acima da média do mercado, equivalente à compra) para equalweight (exposição igual a média do mercado, equivalente à neutro).

Segundo relatório, o corte da recomendação reflete um impulso de vendas mais fraco, com analistas projetando Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) 20% abaixo do consenso de mercado para este ano.

O Morgan Stanley também cortou preço-alvo de R$ 6,60 para R$ 5,50, o que representa um potencial de valorização de 35,5% frente a cotação de fechamento da última sexta-feira (21) de R$ 4,06, que na avaliação do banco, parecem baratas em 5,6 vezes Valor da Firma (EV) /Ebitda para 2023 e US$ 2 milhões em Valor da Firma/ Loja, abaixo do custo de reposição.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A nova meta de preço implica em uma reclassificação para 6,0 vezes EV/Ebitda para 2024, um desconto de 20% em relação ao preço-alvo para Arcos Dorados, dona do MCDonald’s e ainda bem abaixo da média histórica de Zamp e da média global de pares.

Em termos relativos, o time análise do Morgan continua positivo com restaurantes latino-americanos e destaca sua preferência pelos papéis da Arcos Dorados ao invés do Zamp devido ao melhor momento de lucros.

Além disso, a diferença de vendas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) da Arcos Dorados para Zamp está aumentando. O SSS da Zamp deve desacelerar ainda mais, de 6% no 1T23 para 3% no 2T23, junto com a maior parte do mercado (vários varejistas estão orientando para compensações negativas).

Continua depois da publicidade

“Ao mesmo tempo, esperamos que o SSS 2T23 da Arco permaneça em torno de 10%, refletindo várias iniciativas em andamento que devem continuar gerando resultados positivos no curto e médio prazo”, avaliam os analistas.

A Arcos está à frente de seus pares na recuperação e analistas acreditam que as fortes tendências da empresa são uma indicação de que as redes de restaurantes na América Latina sairão mais fortes da pandemia, como já foi visto nos mercados desenvolvidos.

Por fim, o Morgan Stanley acredita que resultados sólidos continuarão a atrair investidores para a Arcos Dorados — uma história de crescimento estrutural com ativos, marcas e gestão de alta qualidade.