Minério de ferro sobe com estímulo à emissão de títulos compensando dados da China

Minério de ferro sobe com estímulo à emissão de títulos compensando dados fracos da China

Reuters

Produção de minério de ferro (Reuters)

Publicidade

PEQUIM (Reuters) – Os preços futuros do minério de ferro se fortaleceram nesta segunda-feira, já que as notícias sobre mais emissões de títulos pelas autoridades chinesas para estimular o crescimento econômico superaram o impacto da divulgação de dados de crédito mais fracos do que o esperado no principal mercado consumidor do minério.
O contrato mais negociado de setembro do minério de ferro na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) na China encerrou o dia com alta de 2,42%, a 888 iuanes (122,75 dólares) a tonelada, apagando perdas registradas mais cedo na sessão.

Baixe uma lista de 11 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos
O minério de ferro de referência para junho na Bolsa de Cingapura subia 1,25%, a 117,25 dólares a tonelada.
O Ministério das Finanças da China disse na segunda-feira que iniciará as tão esperadas vendas de títulos especiais de longo prazo do tesouro, que Pequim espera que ajudem a estimular os principais setores de uma economia em declínio, confirmando o que a Reuters informou anteriormente citando fontes.
Também deu sustentação aos preços do minério o medo de uma interrupção temporária do fornecimento causado por um acidente de trem na Rio Tinto, o maior fornecedor de minério de ferro do mundo.
A Rio Tinto informou na segunda-feira que um trem autônomo descarrilou em suas operações de minério de ferro na Austrália Ocidental durante a noite, com investigação em andamento e sem feridos.
No início da sessão, ambos os índices de referência do minério registraram perdas, com o peso de dados fracos e sinais mistos sobre os fundamentos do mercado.
Os bancos chineses concederam 730 bilhões de iuanes em novos empréstimos em abril, uma queda acentuada em relação aos 3,09 trilhões de iuanes em março, ficando aquém das expectativas dos analistas, segundo dados do banco central no sábado.
A força da produção de metais quentes refletiu a crescente demanda pelo principal ingrediente de fabricação de aço em meio à persistente retomada da produção entre as usinas, enquanto os estoques de minério no porto ainda pairavam em níveis relativamente altos, pesando sobre os preços do minério, disseram analistas da Huatai Futures em uma nota.