Pessimismo

Menos 2.400 pontos em 3 dias: veja as ações que mais caíram na ‘maré vermelha’ da Bolsa

Depois de afundar 4% e perder os 55.000 pontos na véspera, o Ibovespa busca algum alívio hoje; mas seria isso um fundo ou um respiro passageiro?

Painel de vendas de ações
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A terceira semana de maio trouxe uma maré vermelha para o mercado brasileiro, que viveu em abril dias de forte euforia. Depois de ultrapassar os 58.000 pontos no início deste mês, o índice passou a oscilar entre poucas perdas e ganhos até de fato rumar para baixo. Foram três dias de fortes quedas na semana, quando perdeu ontem os 55.000 pontos, deixados no final do mês passado. O movimento, no entanto, até mesmo pela força negativa (já que o índice acumulou perdas de 4% em três pregões, menos 2.400 pontos), parece buscar algum alívio hoje, justamente com as ações que foram mais afetadas nesse período.

As ações da Petrobras, uma das que mais contribuíram para o desempenho negativo do Ibovespa nos últimos dias, sobem forte hoje. Depois de caírem 9% em três pregões, os papéis da estatal subiam mais de 5%, segundo cotação das 12h49 (horário de Brasília). Já a Vale (VALE3; VALE5), que caiu pelos últimos seis pregões, subia mais de 2% hoje em meio à alta do minério de ferro.

Um movimento que abre dúvida se ontem pode ter marcado o fundo de alguns papéis na Bolsa ou até mesmo do Ibovespa. Para o investidor profissional Wagner Caetano, diretor da Top Traders e do Terminal Cartezyan, isso é mais um repique natural do mercado, dado que ontem o índice teria cedido e confirmado uma configuração baixista para o curto prazo. Segundo ele, ações importantes teriam marcado o mesmo padrão, conhecido na análise técnica como “ombro-cabeça-ombro”, como Bradesco e Vale. “Essas altas hoje são pontuais e podem até mesmo gerar oportunidades de venda”, comentou.

Aprenda a investir na bolsa

Vale mencionar que os bancos, no entanto, um dos que mais puxaram o índice para baixo nesses dias, seguiam na mesma toada baixista do início da semana com risco de aumento de impostos. Segundo matéria do Estadão de hoje, a alíquota da CSLL (Contribuição Social do Lucro Líquido) pode subir até 20% contra os atuais 15%. O mercado trabalhava anteriormente com aumento da taxa de 17%. Em conversas de deputados com Joaquim Levy, o PSD se ofereceu para apresentar projeto aumentando a alíquota para 20%. 

Confira abaixo as ações que mais caíram na ‘maré vermelha’ da Bolsa e como elas estão reagindo hoje:

EmpresaTickerQueda entre
18/5 e 21/5 
Participação
no Ibovespa
Desempenho hoje*
Petrobras ONPETR3-9,27%4,088%+5,26%
Petrobras PNPETR4-8,11%5,734%+3,96%
Vale ONVALE3-6,71%2,762%+2,62%
Vale PNVALE5-6,78%3,430%+2,35%
GolGOLL4-8,55%0,089% -0,13%
 Eletrobras ONELET3 -9,04%0,166%-1,64%
 Bradesco PNBBDC4-6,27% 2,595%-1,95%
 Itaú UnibancoITUB4-5,71% 10,778%-1,56% 
 GafisaGFSA3 -6,60%0,103%+0,39% 
TelefônicaVIVT4-5,20%1,742%-0,94%
*Desempenho desta quinta-feira, segundo cotação das 12h45 (horário de Brasília)