After Market

Magazine Luiza tem lucro de R$ 190 mi no 4º trimestre; B3 lucra R$ 715 mi e mais resultados

Confira as principais notícias corporativas da noite desta quinta-feira

SÃO PAULO – A temporada de resultados chama atenção na noite desta quinta-feira (21), com os balanços do Magazine Luiza, Natura, B3 e outras empresas. Confira os destaques:

Magazine Luiza (MGLU3)
O Magazine Luiza viu seu lucro líquido avançar 14,5% no quarto trimestre de 2018, para R$ 189,6 milhões, enquanto no acumulado do ano passado o lucro ficou em R$ 597,4 milhões, um avanço de 53,6% ante os R$ 389,0 milhões de 2017.

A receita líquida da companhia, por sua vez, teve alta de 27,3% no quarto trimestre, passando de R$ 3,32 bilhões para atuais R$ 4,61 bilhões. Enquanto isso, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em R$ 353,5 milhões entre outubro e dezembro, uma alta de 13% em um ano.

PUBLICIDADE

No acumulado de 2018, a receita da varejista subiu 30,1%, para R$ 15,59 bilhões, enquanto o Ebitda fechou o ano passado em R$ 1,25 bilhão, um avanço de 20,8%.

As vendas do e-commerce cresceram 57,4% no quarto trimestre, comparado ao crescimento do mercado de 13,4% (E-bit) e representaram 37,7% das vendas totais, destacou a companhia em seu release de resultado.

B3 (B3SA3)
A B3 fechou o quarto trimestre de 2018 com lucro líquido de R$ 715 milhões, uma alta de 12,5% ante os R$ 635,8 milhões registrados um ano antes. A receita líquida, por sua vez, aumentou 27,1%, passando de R$ 1,03 bilhão para R$ 1,31 bilhão.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) fechou o trimestre em R$ 913,7 milhões, um avanço de 35,8% ante os R$ 672,9 milhões do fim de 2017. A margem Ebitda passou de 66,6% para atuais 69,6%.

Natura (NATU3)
A Natura registrou um lucro líquido consolidado no quarto trimestre de 2018 de R$ 381,7 milhões, representando uma expansão de 48,7% frente ao lucro de R$ 256,8 milhões reportado no mesmo período de 2017. No ano passado, o lucro líquido somou R$ 548,4 milhões, uma queda de 18,2% ante o lucro de R$ 670 milhões registrado em 2017.

O Ebitda (lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 714,6 milhões no quarto trimestre, uma expansão de 13,7% sobre o mesmo período de 2017. A margem Ebitda foi de 16,5%, o que significou uma queda de 0,4 ponto porcentual. Em 2018, o Ebitda somou R$ 1,846 bilhão, cifra 6% superior a 2017, com uma margem de 13,8% (-3,9 p.p.).

PUBLICIDADE

A receita líquida consolidada somou R$ 4,335 bilhões no quarto trimestre, uma alta de 16,1%, enquanto o lucro bruto avançou 16,5%, para R$ 3,071 bilhões, resultando numa margem bruta de 70,8% (+0,2 p.p.). No ano, a receita avançou 36%, para R$ 13,397 bilhões e o lucro bruto cresceu 38,5%, para R$ 9,614 bilhões, gerando uma margem bruta de 71,8% (+1,3 p.p.).

Multiplan (MULT3)
A Multiplan fechou o quarto trimestre de 2018 com lucro líquido de R$ 112,7 milhões, uma queda de 16,5% sobre mesmo período de 2017. No acumulado do ano passado, o lucro ficou em R$ 472,9 milhões, uma alta de 28% em um ano.

Enquanto isso, a receita líquida ficou em R$ 348,1 milhões entre outubro e dezembro, uma alta de 7,6% na comparação anual. No ano, a receita subiu 6,3%, para R$ 1,2 bilhão. Já o Ebitda caiu 6,1% no quarto trimestre, a R$ 229,8 milhões, ao passo que em 2018 houve uma alta de 14,7%, para R$ 946,9 milhões.

As vendas nas mesmas lojas (SSS), que representam as vendas em lojas abertas há no mínimo 12 meses, cresceram 2,6% em 2018, com destaque para o segmento Artigos do Lar & Escritório, que subiu 7,6%.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos