Lucro líquido da Oi cai 80% e fecha o 4º trimestre a R$ 140,7 milhões

No fechado do ano, o lucro líquido da companhia caiu para R$ 1,005 bilhão de R$ 1,970 bilhão no calendário passado

Mariana Mandrote

Publicidade

SÃO PAULO – O Grupo Oi (TNLP3, TNLP4, TMAR5, BRTO4) fechou o quarto trimestre com lucro líquido de R$ 140,7 milhões, queda de 80% sobre os R$ 704,8 milhões do mesmo período do ano passado. Contudo, o resultado ficou 62,7% acima do que a média das projeções compiladas pelo Portal InfoMoney, que continham as estimativas do HSBC, Credit Suisse, Ágora e Banif.

O Ebitda (geração operacional de caixa) consolidado foi de R$ 524 milhões no trimestre, queda de 36,8% em comparação com R$ 829,2 milhões registrados um ano antes. No resultado pró-forma, o indicador recuou 19,2%, indo de R$ 2,276 bilhões para R$ 1,838 bilhão, também ficando 12,6% abaixo das projeções.

Já a receita operacional líquida no último trimestre do ano passado foi de R$ 2,238 bilhões, recuo de 10,69% em relação aos R$ 2,506 bilhões de igual intervalo de 2010. No pró-forma, a receita caiu de R$ 7,298 bilhões para R$ 6,958 bilhões – queda de 4,7%. O montante ficou praticamente em linha com a média das projeções.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Desempenho anual
No acumulado do ano, o lucro líquido da companhia caiu para R$ 1,005 bilhão de R$ 1,970 bilhão no calendário passado. A receita operacional líquida ficou em R$ 9,245 bilhões ou 9,91% menor do que os R$ 10,263 bilhões do exercício anterior – no pró-forma, a queda foi de 5,3%, indo a R$ 27,907 bilhões.

Na mesma base de comparação, o Ebitda consolidado caiu 25,74%, passando de R$ 3,516 bilhões para R$ 2,611 bilhões, enquanto o pró-forma terminou 2011 em R$ 8,766 bilhões, indicando recuo de 14,9%.