Conteúdo editorial apoiado por

Jeff Bezos se desfaz de US$ 2 bilhões em ações da Amazon, primeira venda em dois anos

Fundador da Amazon.com vendeu 12 milhões de ações da companhia a um preço médio de US$ 170,21 por ação

Estadão Conteúdo

(Foto: hutterstock)

Publicidade

O fundador da Amazon.com, Jeff Bezos, desfez-se de US$ 2,04 bilhões em ações da empresa de varejo online, em sua primeira venda em mais de dois anos. A operação foi divulgada na noite de sexta-feira, 9.

Bezos vendeu 12 milhões de ações da companhia a um preço médio de US$ 170,21 por ação. A transação ocorreu entre quarta-feira, 7, e quinta-feira, 8.

De acordo com documento registrado na Securities and Exchange Commission (SEC), o órgão regulador do mercado de valores mobiliários dos Estados Unidos, Bezos vendeu as ações por meio de um plano de negociação da Regra 10b5-1 (c), que a Amazon divulgou em seu formulário de resultados financeiros do quarto trimestre.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Plano sinaliza venda de volume maior

A empresa informou que Bezos apresentou o plano de venda de até 50 milhões de ações em 8 de novembro de 2023. Esses planos de negociação são usados normalmente por insiders para comprar ou vender ações sem sinalizar uma tendência do funcionamento interno de uma empresa ou de negócios futuros.

Os insiders definem os parâmetros, como preço e volume, e as transações são executadas automaticamente quando as condições são atendidas.

Após as últimas transações, Bezos manteve 976 milhões de ações da Amazon. Os papéis da empresa subiram cerca de 15% no acumulado deste ano, ante aumento de 5,4% do índice S&P 500.