Conteúdo editorial apoiado por

IRB (IRBR3) volta para o azul e tem lucro líquido de R$ 38 mi no 4º tri de 2023

Companhia informou que a melhora é resultado de uma estratégia de "revisão abrangente" nos contratos e pulverização dos riscos

Equipe InfoMoney

Publicidade

A resseguradora IRB Re (IRBR3) divulgou, nesta quinta-feira (28), que o lucro líquido da companhia chegou a R$ 37,9 milhões no quarto trimestre de 2023, o que representa uma reversão em relação ao prejuízo de R$ 38,8 milhões registrado no mesmo período de 2022.

Os números também foram positivos ao considerar o acumulado de todo o ano. Em 2023, a empresa fechou o período com lucro líquido de R$ 114,2 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 630,3 milhões apurado em 2022.

No documento, a companhia informou que a melhora é resultado de uma estratégia de “revisão abrangente” nos contratos e pulverização dos riscos, além de uma aceleração na “limpeza da carteira”, o que resultou em um portfólio mais qualificado com maior rentabilidade.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

No quarto trimestre do ano passado, por exemplo, a resseguradora apresentou um resultado de underwriting (subscrição) positivo em R$ 105 milhões, contra um montante negativo de R$ 153 milhões um ano antes.

Já no acumulado de 2023, o resultado com subscrição saltou para R$ 155 milhões, contra um resultado negativo de R$ 1,4 bilhão em 2022.

Ao considerar o prêmio emitido total, o valor ficou em R$ 1,575 bilhão no último trimestre de 2023, o que representa uma baixa de 12% no comparativo anual. No Brasil, houve alta de 4,9%, para R$ 1,305 bilhão, enquanto no exterior, o recuo foi de 50,4% em termos anuais, para R$ 270,3 milhões.

O índice de sinistralidade, por sua vez, que mede o volume de pedidos de indenização dos clientes frente à arrecadação, ficou em 55,2% no 4T23, melhor em 38,6 p.p.
quando comparado com 4T22 e melhor em 18,8 p.p. se comparado com o 3T23.

Também houve melhora no acumulado do ano, quando o índice de sinistralidade bateu 70,0%, o que representa um incremento em 34,2p.p. na comparação com 2022.

Já o resultado do IRB com contratos de resseguro foi de R$ 105,1 milhões, ante uma perda de R$ 152,8 milhões no quarto trimestre de 2022. O resultado financeiro teve alta de 12,1% em um ano, para R$ 111,4 milhões, na mesma base comparativa.

A companhia também afirmou que conseguiu renovar maior parte dos contratos que tinha interesse e que seguiu a estratégia de diluição de riscos e concentração no Brasil e na América Latina, onde o IRB detém expertise para atuar.