Início de ano quente da Nvidia é destaque à medida que S&P 500 mira recorde

A Nvidia teve seu início de ano mais forte de todos os tempos por uma medida, mantendo uma recuperação alucinante que viu as ações ganharem quase 240% em 2023.A queridinha da inteligência artificial somou cerca de US$ 128 bilhões em capitalização de mercado depois de subir cerca de 10% este mês, um ganho de valor […]

Bloomberg

Modelos da unidade de processamento gráfico da Nvidia (I-Hwa Cheng/Bloomberg)

Publicidade

A Nvidia teve seu início de ano mais forte de todos os tempos por uma medida, mantendo uma recuperação alucinante que viu as ações ganharem quase 240% em 2023.

A queridinha da inteligência artificial somou cerca de US$ 128 bilhões em capitalização de mercado depois de subir cerca de 10% este mês, um ganho de valor sem precedentes nos primeiros nove pregões do ano para a empresa.

É uma bênção para quem aposta na ação da Nvidia e uma sinalização que a tendência da IA ainda tem impulso, pelo menos para a empresa vista por muitos como uma das maiores beneficiadas. Neste ano, a Nvidia está facilmente batendo o resto do mercado, além das ações de tecnologia chamadas de “As Sete Magníficas”. Esse é um destaque positivo no mercado, uma vez que o índice S&P 500 estagnou perto de máximas históricas, devido a questões relacionadas com os lucros das empresas e o momento dos cortes previstos nas taxas de juro do Federal Reserve.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Do meu ponto de vista, a Nvidia é a melhor do mercado”, disse Shana Sissel, CEO da Banrion Capital Management, acrescentando que ela é dominante em seu mercado, tem relacionamentos sólidos com os clientes e está crescendo rapidamente. “É difícil encontrar muitas lacunas na tese”.

A Nvidia teve um começo melhor em termos percentuais no ano passado, para iniciar sua recuperação recorde. Para ser justo, esses ganhos ocorreram depois que as ações perderam metade de seu valor em 2022. Para os próximos 12 meses, os analistas que cobrem a Nvidia têm um preço-alvo médio de quase US$ 650, indicando uma alta de cerca de 19% para uma empresa que agora tem uma capitalização de mercado maior que US$ 1,3 trilhão.

A CES deste mês solidificou a confiança dos defensores das ações da Nvidia. A empresa anunciou três novos chips gráficos para desktop que permitirão aos usuários de computador fazer melhor uso da IA em máquinas pessoais. As ações também ganharam um impulso na semana passada, quando a diretora financeira Colette Kress ratificou a afirmação do CEO Jensen Huang de que a empresa espera poder continuar a crescer até o ano-calendário de 2025.

Continua depois da publicidade

“O NVDA expressou um tom de confiança em relação à demanda final e apontou aumentos de oferta a cada trimestre deste ano”, escreveram analistas da Piper Sandler & Co. liderados por Harsh V. Kumar em análise de 11 de janeiro, referindo-se a uma reunião com a administração na CES. “Para nós, isso indica uma grande convicção em relação aos padrões de pedidos e pendências ao longo do período de 2024.”

Espera-se que a Nvidia divulgue os lucros do quarto trimestre no próximo mês. Os analistas projetam que a receita aumentou cerca de 230% no período, após um salto de cerca de 206% no terceiro trimestre, mostram dados compilados pela Bloomberg.

© 2024 Bloomberg L.P.