Índices de NY caem antes de dados de emprego JOLTs nos EUA; PIB do Brasil e mais destaques do mercado hoje

PMIs de serviços nos Estados Unidos e no Brasil também são esperados pelos investidores

Felipe Moreira

Publicidade

Os índices futuros dos Estados Unidos operam com baixa nesta terça-feira (5), à medida que o foco se volta para os números de vagas de emprego nos EUA, relatório JOLTS, que será divulgado ainda hoje, e para os dados das folhas de pagamento não-agrícolas (payroll), divulgados na sexta-feira (8). A resiliência em qualquer uma das frentes poderá diminuir as apostas de cortes de juros pelo Federal Reserve (Fed) no início do próximo ano.

Os investidores esperam amplamente que o Fed mantenha as taxas inalteradas na reunião da próxima semana. Os futuros de taxas de juros sugerem uma probabilidade de 58% de o BC americano começar a cortar as taxas até março de 2024, de acordo com a ferramenta FedWatch do CME Group.

Já as bolsas da Ásia fecharam em queda generalizada, à medida que os investidores avaliavam uma série de dados econômicos de toda a região.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, caiu 1,91%, para o nível mais baixo desde novembro de 2022, liderando as perdas no continente asiático, enquanto o índice CSI 300, da China continental, caiu 1,9% e fechou em 3.394,26 pontos, renovando a minima de quatro anos.

Por aqui, Roberto Campos Neto, presidente do BC, fará palestra em evento promovido pelo Jota, em Brasília.

Na frente de dados, o produtor interno bruto (PIB) do terceiro trimestre será apresentado às 9h. O consenso LSEG prevê queda de 0,2% na base trimestral e alta anual de 1,9%.

Continua depois da publicidade

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA caem nesta manhã de terça-feira, com investidores à espera do relatório JOLTs, enquanto se preparam para o payroll de sexta-feira (8), que fornecerá dados sobre os rumos da política monetária americana.

No campo corporativo, as ações do GitLab saltaram 16%. A plataforma de desenvolvimento de software de código aberto superou os resultados no terceiro trimestre e emitiu fortes projeções para o trimestre atual.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

Ásia

Os mercados acionários da Ásia tiveram pregão negativo, nesta terça-feira, com perda de mais de 1,5% em Xangai e de mais de 1% em Tóquio. Na Oceania, a Bolsa de Sydney também caiu, após o Banco Central da Austrália manter juros, mas não descartar novas altas, a depender do quadro nos indicadores.

A Bolsa de Xangai registrou baixa de 1,67%, em 2.972,30 pontos, encerrando na mínima do dia. A Bolsa de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 1,95%, a 1.930,12 pontos. Temores sobre o crescimento da China influíram, mesmo após medidas recentes do governo para apoiar o quadro. Quase todos os setores encerraram no vermelho em Xangai, com ações de software e hardware entre os piores desempenhos. Beijing Kingsoft Office Software caiu 2,65% e iFlytek teve baixa de 3,85%.

Após o fechamento chinês, a Moody’s reafirmou o rating da China em A1, mas alterou a perspectiva de estável para negativa. A agência alertou para o endividamento de governos locais e estatais, que para ela fará com que o governo central tenha de apoiá-los, com potencial piora no quadro fiscal.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei caiu 1,37%, a 32.775,82 pontos. Ações de tecnologia estiveram sob pressão. Disco Corp. recuou 5,6% e Advantes, 6,0%, enquanto Screen Holdings caiu 5,4%, entre os papéis mais pressionados no Nikkei.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng 1,91%, em 16.327,86 pontos.

Europa

Os mercados europeus operam mistos, à medida que parte do impulso que impulsionou um mês de novembro positivo diminuiu.

O Stoxx 600 caiu 0,10% no início das negociações, uma vez que os setores foram negociados de forma mista. As ações de petróleo e gás subiram 0,35%, enquanto as ações de mineração caíram 1,15%.

As ações de telecomunicações foram as que mais movimentaram, com a Ericsson subindo 9% depois de fechar um acordo com a AT&T para construir uma grande rede de telecomunicações usando a tecnologia ORAN, enquanto a Nokia despencou 9,7%.

Commodities

Os preços do petróleo sobem em meio à incerteza sobre os cortes voluntários de produção por parte da OPEP+ e à medida que a tensão contínua no Médio Oriente estimulava preocupações com a oferta.

As cotações do minério de ferro na China fecharam com baixa, devido aos temores persistentes da supervisão dos mercados pela China para garantir a estabilidade de preços, embora analistas tenham alertado que a tendência de queda pode ser de curta duração.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência para janeiro, SZZFF4, subiu 0,4%, para US$ 128,88 por tonelada.

Bitcoin

2. Agenda

A agenda desta terça-feira traz o Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre do Brasil, apresentado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) às 9h.

Investidores também aguardam o Indicador Antecedente de Emprego, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), enquanto o BC trará dados da política monetária e operações de crédito. Ainda hoje, será divulgado o Índice PMI composto pelo IHS Markit.

Brasil

8h: Antecedente de emprego de novembro

8h30: Juros/spread de outubro

9h: PIB do terceiro trimestre; consenso LSEG prevê queda trimestral de 0,2% e alta anual de 1,9%

10h: PMI de serviços de novembro

11h: Campos Neto, presidente do BC, fará palestra no evento “Digitalização da Economia: Agenda de Inovação do Banco Central do Brasil”, promovido pelo Jota, em Brasília

12h30: Campos Neto tem reunião com parlamentares da Frente Parlamentar Mista do Empreendedorismo (FPE) e representantes do Instituto Unidos Brasil (IUB)

14h: Fernando Haddad, ministro da Fazenda, tem encontro com o ex-Presidente da República Federal da Alemanha e ex-Diretor-Geral do FMI, Horst Köhler

15h: Haddad tem audiência com o Presidente da Fundação Friedrich Ebert, Martin Schulz

EUA

11h45: PMI de serviços de novembro

12h: Ofertas de emprego JOLTs

12h: ISM de serviços

18h30: Estoques de petróleo (API) semanal

3. Noticiário econômico

CCJ analisa PEC que reduz jornada semanal de trabalho

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara deve discutir, nesta terça, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz de 44 horas para 36 horas a carga horária de trabalho semanal.

Na CCJ, os deputados analisam apenas a constitucionalidade da proposta. Se o texto receber o aval dos parlamentares, o texto segue para uma comissão especial, responsável por analisar o conteúdo da proposta.

Se aprovada, a nova regra entraria em vigor apenas dez anos após ser promulgada.

4. Noticiário político

Supremo abre inquérito para investigar Janones

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na segunda-feira (4) abrir inquérito para investigar o deputado federal André Janones (Avante-MG) pelos crimes de associação criminosa e peculato. Fux estabeleceu prazo de 60 dias para realização das diligências.

A investigação foi solicitada na sexta-feira (1°) pela Procuradoria-Geral da República (PGR) após reportagens jornalísticas e notícias-crime protocoladas por políticos de oposição informarem que Janones teria enviado áudios, por meio do WhatsApp, a ex-assessores solicitando o repasse de parte dos salários para ajudar em campanhas eleitorais. Os fatos teriam ocorrido a partir de 2019.

Segundo a vice-procuradora-geral da República, Ana Borges Coêlho Santos, o inquérito vai apurar se o deputado cometeu a prática popularmente conhecida como “rachadinha”.

Barroso: STF é tribunal independente e está sempre desagradando alguém

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, disse na segunda-feira (4) que a Corte sempre está desagradando alguém. O ministro também acrescentou que o Tribunal decide as questões que dividem a sociedade, conforme determinação da Constituição.

Ontem, Barroso participou da abertura do 17° Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Salvador. O ministro afirmou que o STF é um tribunal independente e não pode ser avaliado por meio de pesquisas de opinião.

5. Radar Corporativo

Eletrobras (ELET3;ELET6)

A Eletrobras (ELET3;ELET6) assinou contrato com a Infraestrutura Brasil Holding XX, empresa controlada por fundos geridos pelo Pátria Investimentos, para a venda de 49% no capital social das Sociedades de Propósito Específico (SPEs) Chapada do Piauí.

As participações nesses ativos mantidos para venda estavam contabilizados por R$ 222 milhões no 3T23 sendo que em 2022 eles geraram um prejuízo por equivalência patrimonial de R$ 9,8 milhões. Os demais aspectos da transação estão cobertos por cláusulas de confidencialidade.

Serena (SRNA3)

A Serena iniciou as operações do projeto eólico Goodnight 1 no Texas, seu primeiro empreendimento no Ercot, o maior mercado de energia dos Estados Unidos.

Goodnight 1 possui capacidade instalada de 265,5 MW, suas 59 turbinas Vestas estão totalmente montadas e devem atingir plena operação comercial até o final do ano, quando produzirá energia renovável capaz de abastecer mais de 60.000 residências naquele mercado.

O projeto teve um CAPEX de aproximadamente US$300 milhões e expansões poderão ser lançadas nos próximos anos, uma vez que a demanda por energia renovável continua a crescer nos EUA.

Pague Menos (PGMN3)

O Conselho de Administração Pague Menos (PGMN3) iniciou processo de transição para a posição de Diretor Presidente da companhia, indicando Jonas Marques como sucessor de Mário Queirós, após 8 anos na posição.

O processo de transição terá início em 4 de janeiro de 2024, quando tomará posse o novo CEO, concluindo-se em 4 de abril de 2024.

Após o fim da transição, o Queirós será indicado a compor o conselho de administração da Pague Menos.

 

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)