Bolsa

Ibovespa vira para alta depois de fala de Levy; dólar e DI amenizam ganhos

Na Petrobras, PF acredita ter reunido indícios para comprovar que esquema de corrupção também ocorreu no mercado do pré-sal

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O Ibovespa vira para alta nesta tarde depois do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, confirmar que, de fato, estava gripado durante a coletiva que anunciou o contingenciamento do governo este ano. Segundo ele, não houve divergência no corte do Orçamento e a atenção deve ser voltada agora para a agenda Legislativa. Lá fora, os mercados dos Estados Unidos, da Alemanha e do Reino Unido estão fechados por conta do feriado, mas as bolsas que estão abertas caem depois da vitória dos partidos de oposição à austeridade nas eleições. 

Às 13h12 (horário de Brasília), o benchmark da Bolsa brasileira subia 0,56%, a 54.684 pontos. Os mercados de câmbio e juros também amenizaram seus movimentos. O dólar comercial subia 0,55%, a R$ 3,1095 na compra e a R$ 3,1120 na venda, distante dos mais de 1% da máxima. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2016 caía 0,02 ponto percentual, a 13,74% ao ano, ao mesmo tempo em que o DI para janeiro de 2020 subia 0,08 ponto percentual, a 12,47% a.a.. 

A ausência do ministro no anúncio do corte, na última sexta-feira, gerou preocupações sobre uma possível saída após cinco meses que ele tomou o comando do Ministério. Pela manhã, ele disse que o corte de gastos era importante e foi executado de maneira cuidadosa. 

PUBLICIDADE

Segundo fonte ouvida pela Bloomberg, Levy não teria gostado da decisão do contingenciamento ter ficado abaixo do piso sugerido por ele. O ministro estaria preocupado que suas medidas estejam saindo do Congresso desfiguradas e reclamaria da falta de apoio do PT. De acordo com a Folha de S. Paulo, o vice-presidente da República, Michel Temer, pede empenho do Planalto para angariar o apoio do partido.

Ações em destaque
As ações da Petrobras (PETR3, R$ 13,90, -1,42%; PETR4, R$ 12,93, -1,15%) caíam com notícias de que a petroleira vai realizar assembleia com acionistas às 15h para deliberar sobre a aprovação do balanço do ano de 2014. Os fundos de investimento, Ibiúna e HBK, pediram à CVM o adiamento ou a interrupção da AGE na semana passada, questionando a decisão da companhia de não pagar dividendos referentes a 2014. A autarquia negou, de acordo com informação do Broadcast, o serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

A companhia ainda apresentou nova defesa em ação coletiva movida nos Estados Unidos por investidores estrangeiros com uma estratégia que pode reduzir significativamente o número de acionistas representados pelo processo e a indenização que pode vir a desembolsar, informou o Valor. A estatal quer excluir da ação coletiva todas os investidores que compraram ADRs (American Depositary Receipts) e também ações negociadas na BM&FBovespa no período determinado pela ação, de janeiro de 2010 até março deste ano.

Além disso, um ano e dois meses depois de deflagrada a Operação Lava Jato, a força-tarefa responsável pela investigação da corrupção na Petrobras acredita já ter reunido indícios para tentar comprovar que o esquema de desvios nos contratos de construção de refinarias da estatal foi também reproduzido no mercado do pré-sal. São obras de plataformas, construção e locação de navios e sondas de perfuração para exploração de petróleo – a maior parte deles vigente – que envolvem volume de investimentos público e privado superior aos projetos até agora sob escopo da operação.

Já os papéis da Vale (VALE3, R$ 20,73, +2,32%; VALE5, R$ 17,44, +2,29%) operavam em alta com o minério de ferro spot no porto de Qingdao, na China, subindo 2%, a US$ 59,96.

Depois de cair em 5 pregões consecutivos, os bancos viraram para uma forte alta e aliviaram a pressão na Bolsa. Subiam Banco do Brasil (BBAS3, R$ 24,18, +3,55%), Bradesco (BBDC3, R$ 27,57, +1,06%; BBDC4, R$ 29,43, +1,13%) e Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 35,57, +0,76%). No caso do Itaú, o banco diz que está continuamente analisando potenciais operações em esclarecimento da Bovespa sobre interesse no HSBC.

PUBLICIDADE

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia
 ELET3 ELETROBRAS ON7,08+5,67
 ELET6 ELETROBRAS PNB9,71+5,31
 BBAS3 BRASIL ON ED24,18+3,55
 ENBR3 ENERGIAS BR ON11,10+3,26
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON34,86+3,04

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia
 NATU3 NATURA ON28,54-2,39
 ESTC3 ESTACIO PART ON18,46-2,33
 UGPA3 ULTRAPAR ON71,15-1,60
 RUMO3 RUMO LOG ON1,27-1,55
 PETR3 PETROBRAS ON13,90-1,42
* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)

 

Bolsas internacionais
A maioria dos índices acionários asiáticos fechou em alta nesta segunda-feira, com o índice em Xangai registrando a maior alta diária desde 21 de janeiro. O movimento vinha após a aceleração da inflação nos Estados Unidos e discurso da chairwoman do Federal Reserve, Janet Yellen, reforçarem expectativas de que o banco central norte-americano caminha para elevar os juros.

Já na Europa, o dia é de quedas para os principais índices, com a vitória de partidos que se opõem à austeridade nas eleições municipais na Espanha. Os mercados também ficam de olho nas negociações da Grécia. O país tem a responsabilidade de pagar seus passivos mas precisa firmar um acordo com seus credores o mais rapidamente possível devido a seu aperto de liquidez, disse o porta-voz do governo nesta segunda-feira, respondendo pergunta sobre se será capaz de fazer um pagamento da dívida em 5 de junho.

Cabe lembrar que hoje o mercado deve registrar menores volumes em meio ao feriado do Memorial Day nos EUA, em que as bolsas por lá estarão fechadas. Bolsas da Alemanha e do Reino Unido também estão fechadas.

(Com Reuters)