Fechamento

Ibovespa tem seu melhor semestre desde 2009 e dólar cai 18,6%; confira mais 9 ativos

Bolsa termina semestre dos sonhos em alta em meio a perspectivas positivas para ativos de risco graças aos BCs dos países desenvolvidos

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em alta de 1,03% a 51.527 pontos nesta quinta-feira (30), terminando o primeiro semestre de 2016 com ganhos de 18,85%, o melhor desempenho semestral do índice desde os primeiros seis meses de 2009, quando subiu 37%. 

No começo do ano, as perspectivas para o mercado brasileiro eram as piores possíveis, porém, a partir de meados de fevereiro, houve uma inflexão causada pela recuperação global dos preços das commodities e pela melhora das expectativas para a política econômica no que ficou conhecido como o rali do impeachment.

Somado a tudo isso esteve o Federal Reserve dos Estados Unidos, que depois de passar meses tentando vender ao mercado que iria fazer pelo menos duas elevações de juros ao longo do ano, recuou e adiou seu objetivo de subir as taxas. Agora, boa parte do mercado já vê como provável que um aperto monetário nos EUA só ocorra em 2017.

Além disso, o evento ruim do semestre, que foi o “Brexit”, trouxe consigo um inesperado alento que foram as especulações de que os bancos centrais do mundo todo irão estimular as suas economias para fazer frente à volatilidade do mercado. Hoje, o presidente do banco central da Inglaterra, Mark Carney, disse que o crescimento econômico do Reino Unido se desacelerará nos próximos meses e que mais cortes de juros e outras medidas de relaxamento monetário devem se fazer necessárias. 

“No começo do ano o mercado estava muito pessimista com China, Fed e a instabilidade política. Os medos com relação a China diminuíram muito ao longo do semestre, puxando commodities, e o cenário político melhorou após o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff”, afirma o analista Ricardo Kim, da XP Investimentos. 

Com esse cenário em mente, compare a rentabilidade de Ibovespa, dólar e mais 9 dos ativos mais importantes do mundo no primeiro semestre de 2016. 

Ativo/índiceDesempenho (%)
Ibovespa +18,85
Dólar -18,61
CDS brasileiro de 5 anos -35,30
Dow Jones (EUA)+2,90
S&P 500 (EUA) +2,69
FTSE 100 (Inglaterra) +4,20
DAX (Alemanha) -9,89 
CAC 40 (França) -8,62 
Petróleo Brent +16,89 
Minério de ferro à vista (Qingdao)+27,75 
Ouro+24,59

Nesta sexta
Hoje, a Bolsa subiu com um volume negociado de R$ 7,870 bilhões. O desempenho do Ibovespa foi puxado pela alta dos bancos, que viraram principalmente depois que as bolsas dos Estados Unidos passaram a subir com mais força. Com os ganhos de hoje, o índice da nossa Bolsa recupera os 51.500 pontos, patamar em que operava antes do Reino Unido votar a favor da saída da União Europeia em referendo. 

O analista Ricardo Kim, da XP, diz que o movimento de hoje foi visto globalmente. “Os bancos centrais farão políticas acomodatícias e esse aumento de liquidez é pró-ativos de risco”, explica. 

Já o dólar comercial caiu 0,73% a R$ 3,2126 na compra e a R$  R$ 3,2133 na venda, ao mesmo tempo em que o dólar futuro para agosto tem baixa de 0,35% a R$ 3,237. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 sobe 5 pontos-base a 12,89% e o DI para janeiro de 2021 tem queda de 4 pontos-base a 12,17%. 

PUBLICIDADE

Dados da China
A lista de indicadores importantes desta quinta traz o Purchasing Managers Index da indústria e de serviços da China. Os dados de junho serão apresentados hoje às 22h00. Em abril, o PMI da indústria ficou em 50,1 pontos e o de serviços bateu 53,1 pontos. Vale lembrar que resultados superiores a 50 pontos indicam aceleração, ao passo que números mais baixo refletem contração.

Reunião do CMN 
O CMN (Conselho Monetário Nacional) começou reunião às 15h e deve trazer definições como a meta de inflação para 2018 e a TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo). Os economistas estão divididos sobre qual poderia ser a melhor decisão sobre a meta de inflação para 2018 — manter os 4,5% que têm vigorado de 2005 a 2017 ou reduzir – enquanto percebem aumento de probabilidade de redução desde que o presidente do Banco Central Ilan Goldfajn firmou compromisso com convergência da inflação à meta em 2017. 

A redução da projeção de IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) do BC para 4,2% no segundo trimestre de 2018 também estimulou alguns analistas a considerarem possível corte da meta para entre 4% e 4,25%. O CMN pode reduzir meta para entre 4% e 4,25%, diz Valor citando fontes do governo. 

Ações em destaque
Dentro do setor mais pesado no Ibovespa, o financeiro, bancos grandes terminaram o dia em alta. Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 30,30, +2,33%), Bradesco (BBDC3, R$ 27,01, +1,43%; BBDC4, R$ 25,17, +0,52%) e Banco do Brasil (BBAS3, R$ 17,18, +4,18%) avançaram. Juntas, as quatro ações respondem por pouco mais de 20% da participação na carteira teórica do nosso benchmark.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 BVMF3 BMFBOVESPA ON18,00+4,65+66,26
 HYPE3 HYPERMARCAS ON23,25+4,49+7,97
 CMIG4 CEMIG PN7,28+4,45+28,38
 BBAS3 BRASIL ON17,18+4,18+19,17
 VALE3 VALE ON16,27+3,56+24,87

 

 

Já a Vale (VALE3, R$ 16,27, +3,56%; VALE5, R$ 13,03, +1,24%) foi na contramão e subiu beneficiada pela alta do minério de ferro. A commodity spot com 62% de pureza e entrega no porto de Qingdao teve alta de 3,28% a US$ 55,66 a tonelada seca.

 As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 CPLE6COPEL PNB29,22-4,70+25,55
 USIM5USIMINAS PNA1,93-4,46+24,52
 FIBR3FIBRIA ON21,53-2,49-57,77
 GOAU4GERDAU MET PN2,00-1,48+20,48
 CESP6CESP PNB11,80-1,34-11,41

PUBLICIDADE

 

 

As ações da Petrobras (PETR3, R$ 11,51, -0,52%; PETR4, R$ 9,42, -0,84%), por sua vez, terminaram o dia em queda, junto com os preços do petróleo. O barril do WTI (West Texas Intermediate) cai 2,99% a US$ 48,39, ao mesmo tempo em que o barril do Brent tinha perdas de 3,04% a US$ 49,76.

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1
 ITUB4ITAUUNIBANCOPN30,30+2,33632,68M
 VALE5VALE PNA13,03+1,24434,83M
 PETR4PETROBRAS PN9,42-0,84409,09M
 BBDC4BRADESCO PN EJ25,17+0,52351,68M
 BVMF3BMFBOVESPA ON18,00+4,65297,10M
 HYPE3HYPERMARCAS ON23,25+4,49295,59M
 ABEV3AMBEV S/A ON19,05+0,16291,01M
 ITSA4ITAUSA PN7,59+3,13242,41M
 BBAS3BRASIL ON17,18+4,18239,49M
 KROT3KROTON ON13,60-0,58219,53M

* – Lote de mil ações 
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão) 

Entrevista de Dilma
Em entrevista concedia ao jornalista Kennedy Alencar, do canal SBT, a presidente afastada Dilma Rousseff destacou a “ameaça” que é Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara dos Deputados, e ressaltou que se for deposta de forma definitiva, irá recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal), questionando o mérito do julgamento. Na conversa, a petista afirmou que Cunha é uma ameaça “integral” e “em todos os sentidos” ao presidente interino Michel Temer. Ela criticou o encontro entre os dois ocorrido no domingo à noite no Palácio do Jaburu. “Pecado original tem nome, se chama Eduardo Cunha”, afirmou Dilma na entrevista. A presidente afastada disse ainda que teria votos hoje para derrotar a aprovação do impeachment e que o primeiro passo é tentar barrar sua saída definitiva no Senado, mas que, caso perca, irá recorrer ao STF para fazer um questionamento de mérito, ou seja, se cometeu ou não crime de responsabilidade.

PIB do Reino Unido
O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido cresceu 0,4% no primeiro trimestre do ano ante o quarto trimestre de 2015 e avançou 2% na comparação anual, segundo revisão publicada hoje pelo Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). Os dados, que vieram em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, confirmam estimativas preliminares divulgadas no fim de maio.

PUBLICIDADE