Fechamento

Ibovespa sobe, com bom humor externo e alta commodities; dólar recua

Anuncio de estímulos ao setor de infraestrutura na China puxa preço do minério e setor é destaque na bolsa

Por  Felipe Moreira -

A bolsa brasileira fechou em alta com a ajuda de mineradoras e siderúrgicas, que acompanharam a valorização do minério de ferro, após o amunicio de estímulos à infraestrutura na China. Também contribuiu para alta o otimismo no mercado americano.

O mercado teve uma agenda carregada de indicadores para digerir nesta quinta-feira (2), que incluiu o crescimento de 1% do PIB brasileiro no primeiro trimestre (abaixo do esperado, mas ainda sendo visto como positivo), a criação de empregos no setor privado dos Estados Unidos, que também foi menor que o previsto, e a decisão da Opep+ em aumentar a produção de petróleo em 648 mil barris por dia em julho e agosto.

Os preços da matéria-prima subiram no mercado internacional, mas novamente a Petrobras (PETR3;PETR4) não acompanhou, com as ações ordinárias caindo 0,93% e as preferenciais, 0,87%. Ruídos políticos pesaram sobre os papéis da estatal.

O Ibovespa subiu 0,93%, aos 112.392 pontos, após oscilar entre 111.218 e 112.708 pontos. O volume financeiro foi de R$ 24,3 bilhões.

A Vale (VALE3), por sua vez, subiu 1,88%, com a alta do minério no mercado internacional, diante do anúncio de um pacote bilionário para infraestrutura na China. Outra mineradora, a CSN Mineração (CMIN3) registra uma das maiores altas do Ibovespa, subindo 9,90%. O grande destaque de ganhos, por sua vez, fica com a Positivo (POSI3), em alta de 8,40%, seguida pelas ações da Locaweb (LWSA3) com ganhos de 8,73%.

Para analistas da Ativa Investimentos, as ações da Positivo fecharam em alta com a expectativa positiva em relação a atividade econômica do país, apoiada pela divulgação do PIB.

Segundo Lucas Xavier, Analista técnico CNPI-T da Warren, a valorização do minério no mercado internacional beneficiou a CSN Mineração, bem como demais siderúrgicas.

As ações do IRB (IRBR3) e da Eneva (ENEV3) recuaram, respectivamente, 3,33% e 3,07%, seguidas das ações da Localiza (RENT3), com perda de 1,92%.

O dólar reverteu parte da alta da véspera e fechou em baixa de 0,32%, a R$ 4,788, após oscilar entre R$ 4,772 e R$ 4,809.

No aftermarket, às 17h11, os juros futuros operam em alta nas pontas mais longas. O DIF23, -0,11 pp, a 13,42%; DIF25, +0,40 pp, a 12,46%; DIF27, +0,49 pp, a 12,34%; DIF29, +0,57 pp, a 12,45%.

Em Wall Street, as bolsas reverteram parte das perdas e fecharam em alta. O índice Dow Jones subiu 1,33%, aos 32.248 pontos. O S&P 500 avançou 1,84%, aos 4.176 pontos, enquanto o Nasdaq teve alta de 2,69%, aos 12.316 pontos.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe