Bolsa

Ibovespa sobe 2,27% e volta aos 54 mil pontos com disparadas de Petrobras e Vale

Petroleira e mineradora fecham em fortes altas e puxam índice ajudadas por recuperação de bancos; dólar cai em dia de otimismo com mercados ligados a commodities

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em alta nesta terça-feira (2), estendendo os ganhos da segunda-feira graças a notícias positivas para Petrobras, Vale e bancos, que ofuscaram os temores com a negociação da dívida da Grécia. Hoje também marca o primeiro dia de reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que decidirá a taxa básica de juros amanhã a noite – a expectativa é de alta de 0,5 ponto percentual, levando a Selic para 13,75% ao ano.

O benchmark da bolsa brasileira fechou em alta de 2,27%, a 54.236 pontos. Já o dólar comercial marcou queda de 1,25%, a R$ 3,1339 na compra e a R$ 3,1346 na venda. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 subia 0,22 ponto percentual para 13,51%. O volume financeiro negociado no pregão foi de R$ 6,867 bilhões. 

Dentre as notícias que animaram tanto o investidor hoje estão o informe da precificação dos títulos em dólares com vencimento em 100 anos emitidos pela Petrobras (PETR3, R$ 13,85, +4,53%PETR4, R$ 12,84, +3,80%), que viu suas ações se valorizarem nesta terça. A companhia emitiu US$ 2,5 bilhões em títulos e ofereceu os papéis com desconto, a 81% do valor de face e cupom de 6,85% ao ano. A demanda chegou a US$ 13 bilhões e, com a forte procura, o retorno dos papéis que era estimado em 8,85% ao ano caiu para 8,45% ao ano.

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, a Vale (VALE3, R$ 21,35, +6,54%VALE5, R$ 18,01, +7,46%) teve a sua recomendação elevada de underperform (desempenho abaixo da média) para marketperform (desempenho em linha com a média) pelo Itaú BBA. Por fim, a aproximação do primeiro IPO (Oferta Pública Inicial, na sigla em inglês) do ano na BM&FBovespa, protagonizado pela Par Corretora, traz um otimismo a mais na semana. 

Para Hersz Ferman, analista da Elite Corretora, a alta da Bolsa brasileira esteve muito relacionada a um movimento geral de alta de commodities no mundo todo. “Na Europa, as ações ligadas a estes produtos subiram 1% e fecharam com um desempenho muito melhor do que os outros setores”, lembra. O minério de ferro subiu 1,17%, a US$ 63,02 a tonelada no porto de Qingdao e o petróleo tem alta de 1,33%, a US$ 61,37 o barril do WTI (West Texas Intermediate). 

No cenário político, os presidentes da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, assinaram o anteprojeto da Lei de Responsabilidade das Estatais. 

Ações em destaque
Os bancos tiveram um dia de recuperação e registraram alta de mais de 1% após três sessões de baixa. Destaque para a fala da Fitch Ratings, destacando que os riscos para os bancos emergentes são mitigados pelo apoio estatal. Assim, após sofrerem em meio à alta da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e em meio a rumores de que os juros sobre capital próprio acabarão, os bancos tiveram um dia de alívio.

Bradesco (BBDC3, R$ 27,10, +1,94%; BBDC4, R$ 28,86, +2,54%), Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 34,84, +2,23%) e Santander (SANB11, R$ 16,17, +2,99%) registraram ganhos também com notícia de que teriam enviado proposta para comprar o HSBC Brasil Banco do Brasil (BBAS3, R$ 23,45, +2,49%) também subiu mais de 1%. 

Outra notícia importante, o governo espera que os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) reduzam os impactos imediatos se condenarem os bancos a pagarem os correntistas por perdas causadas à poupança pelos planos econômicos Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2. As informações foram obtidas de um técnico do governo que conhece o assunto e falou diretamente com a Bloomberg. O impacto, segundo cálculos de 2013, seria de R$ 150 bilhões nas maiores instituições financeiras brasileiras. 

PUBLICIDADE

Entre os outros destaques, as ações da Oi (OIBR4, R$ 6,90, +5,83%) lideraram os ganhos do Ibovespa com alta de quase 7%. Hoje, foi anunciado que a Altice e a Oi concretizaram nesta terça-feira o negócio de venda da Portugal Telecom Portugal. Pela aquisição da PT Portugal, a Altice Portugal desembolsou o valor total de 5,789 bilhões de Euros, dos quais 4,920 bilhões de euros foram recebidos, em caixa, pela Oi e 869 milhões de euros foram destinados a imediatamente quitar dividas da PT Portugal em Euros. O preço final está sujeito a eventuais ajustes, afirmou a Oi.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 ECOR3 ECORODOVIAS ON8,14+8,39-19,68
 RUMO3 RUMO LOG ON1,42+7,58-18,68
 BRAP4 BRADESPAR PN12,07+7,48-11,21
 VALE5 VALE PNA18,01+7,46-2,66
 VALE3 VALE ON21,35+6,54+0,68

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 CMIG4 CEMIG PN14,32-2,05+12,47
 SBSP3 SABESP ON18,36-1,45+10,10
 FIBR3 FIBRIA ON43,28-1,07+33,97
 HYPE3 HYPERMARCAS ON21,29-1,07+27,87
 CPLE6 COPEL PNB33,25-1,04-4,89

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1
 PETR4 PETROBRAS PN12,84+3,80582,47M
 VALE5 VALE PNA18,01+7,46512,49M
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN ED34,84+2,23482,98M
 BVMF3 BMFBOVESPA ON11,78+1,46297,28M
 BBDC4 BRADESCO PN EJ28,86+2,54260,75M
 PETR3 PETROBRAS ON13,85+4,53223,38M
 ABEV3 AMBEV S/A ON EJ18,58+0,73216,92M
 BBAS3 BRASIL ON ED23,45+2,49189,40M
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON34,80+3,60187,11M
 ITSA4 ITAUSA PN ED9,08+3,06156,61M

* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)
 

Agenda de indicadores
Entre os indicadores, a PIM (Pesquisa Industrial Mensal) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostrou um recuo de 1,2% na Produção Industrial em abril ante março de 2015. Na comparação anual, a queda foi de 7,6%. A retração foi abaixo das estimativas, que eram de queda de 1,4% mês a mês e 8,1% ano a ano. 

PUBLICIDADE

Pela manhã, o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe veio em linha com a mediana das expectativas, em 0,62%, contra 0,63% esperados. Às 11h foram divulgados os pedidos às fábricas nos Estados Unidos, que caíram 0,4%, ante expectativas de estabilidade. 

Mercados internacionais
Lá fora, a Grécia apresentou acordo de resgate aos credores, contudo, 
o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse nesta terça-feira que “não é nem teoricamente possível” que os credores da Grécia retomem o apoio esta semana enquanto as discussões sobre as reformas econômicas do país estão em curso.

Falando à emissora holandesa RTL, Dijsselbloem disse que “mesmo se as instituições na Grécia cheguem a um acordo nesta semana, ele teria que passar pelo Eurogrupo … Portanto, mesmo teoricamente, não é possível esta semana” que os pagamentos sejam retomados.

A Grécia tem até sexta-feira para pagar uma parcela de 300 milhões de euros ao FMI (Fundo Monetário Internacional). Segundo um comissário da União Europeia, as negociações entre a Grécia e os credores internacionais estão progredindo, mas ainda é necessário um esforço maior de ambas as partes para se chegar a uma solução.

As bolsas norte-americanas fecharam em queda, bem como os índices acionários do Reino Unido, da Alemanha e da França. No caso do mercado dos Estados Unidos, o dólar mais fraco, caindo ante a maioria das demais moedas e o aumento dos temores acerca da Grécia, pesaram nos índices. 

(Com Reuters)