Fechamento

Ibovespa sobe 1,3% com acordo sobre diesel e recupera os 94 mil pontos; dólar chega a R$ 3,90

Mercado comemora menores riscos de um governo intervencionista de Bolsonaro, mas câmbio não acompanha a empolgação dos investidores

arrow_forwardMais sobre
Ações em alta (Crédito: Shutterstock)

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em alta nesta terça-feira (16) e recuperou os 94 mil pontos em meio à notícia de que houve acordo para viabilizar um reajuste do preço do diesel nos próximos dias após intervenção do presidente Jair Bolsonaro na Petrobras na semana passada. O movimento positivo foi puxado pela estatal e pela Vale. 

O principal índice da B3 subiu 1,34% a 94.333 pontos com volume negociado de R$ 14,093 bilhões. A grande surpresa ficou por conta do câmbio. O dólar comercial teve alta de 0,85% a R$ 3,90 na compra e a R$ 3,9018 na venda, enquanto o contrato futuro de dólar para maio avançou 0,8% a R$ 3,906. 

No caso do dólar, o analista de câmbio da Treviso Corretora, Reginaldo Galhardo, explica que a Bolsa teve o movimento exagerado de queda da Petrobras na sexta para corrigir hoje, enquanto o câmbio continua seguindo o mesmo driver de antes, que é a reforma da Previdência. “Eu não acredito que o mercado esteja otimista. A Bolsa corrigiu o valor, mas o dólar a R$ 3,90 em um dia como hoje mostra que o mercado não acredita em Previdência no curto prazo”, afirma. 

PUBLICIDADE

Galhardo comenta que foi uma péssima notícia a inversão da pauta da CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) para votação do Orçamento Impositivo antes da Previdência. “Esse corporativismo político acaba massacrando a população. Não adianta o governo ter o papel escrito sem ter a caneta, que está nas mãos dos congressistas”, avalia. 

Já com relação à Bolsa, segundo o diretor da corretora Mirae Asset, Pablo Spyer, a notícia do acordo para o diesel, aliada à boa articulação do governo com os caminhoneiros e seu líder, fizeram com que a Bolsa subisse, conjugando confiança de que a gestão atual não será intervencionista com os preços da Petrobras e ao mesmo tempo não haverá risco de greve dos caminhoneiros. 

O governo anunciou pela manhã medidas para o setor rodoviário para conter a insatisfação dos transportadores. Entre as novidades está um investimento de R$ 2 bilhões em obras nas estradas e o lançamento de uma linha de crédito para caminhoneiros autônomos, pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que chegará a R$ 500 milhões.

Houve também fala do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmando que os debates sobre a Reforma da Previdência na CCJ irão até a madrugada para que ela seja votada ainda esta semana.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

No exterior, a produção industrial veio abaixo do esperado nos EUA, com queda de 0,1%, ante expectativa de crescimento de 0,1%. A  produção industrial da maior economia do mundo caiu 0,3% em janeiro e subiu 0,1% em fevereiro. 

PUBLICIDADE

Spyer disse que a produção abaixo do esperado tira força altista para os juros do Federal Reserve. “Para cá, isso atinge emergentes, pois um Fed menos hawkish [propenso a apertar a política monetária] é melhor para nós.”

Por aqui, os juros futuros subiram na B3. O DI para janeiro de 2021 registrou ganhos de três pontos-base a 7,10%, ao passo que o DI para janeiro de 2023 teve valorização de seis pontos-base para 8,27%. 

Lá fora, as bolsas internacionais subiram com esse dado dos EUA e à espera da bateria de números que sairão na China. A maior economia da Ásia divulgará hoje à noite o PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre, com as expectativas dos economistas girando em torno de um crescimento de 6,3%, contra 6,4% no quarto trimestre de 2018. Ainda saem a produção industrial de março (previsão de alta de 6%) e as vendas no varejo no mesmo mês (expectativa de avanço de 8,4%). 

Noticiário corporativo

A Petrobras (PETR3; PETR4) disparou depois de notícia de que houve acordo para o aumento do diesel. À tarde às 16h30 foi realizado um encontro de Bolsonaro com o presidente da estatal, Roberto Castello Branco. 

Outra blue chip ligada a commodities, a Vale (VALE3) recebeu uma boa notícia hoje. A Mina de Brucutu obteve aprovação da Justiça para que suas barragens, utilizadas para contenção de rejeitos da mineradora, voltem a funcionar. A decisão foi do presidente do TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), Nelson Messias de Morais, que suspendeu uma liminar do dia 22 de março que exigiu interdição das atividades da mina.

No setor de alimentos, a JBS (JBSS3) teve a recomendação elevada para overweight (exposição acima da média do mercado) pelo Morgan Stanley. “Não é tarde demais [para entrar no papel] tendo em vista a epidemia de peste suína na China”, destacam os analistas. De acordo com eles, o mercado está antecipando amplamente a inflação nos preços das proteínas devido à rápida contração no rebanho doméstico de suínos da China (mais de 15% nos últimos 8 meses, ou cerca de 7% da oferta global de carne suína). “Achamos que o rali só começou e que os impactos a longo prazo ainda não são compreendidos”, avaliam. 

Já o Valor destaca que o plano do Estado de São Paulo de privatização da Sabesp (SBSP3) deve ganhar tração com as mudanças que o governo Bolsonaro irá propor hoje ao Congresso, por meio da MP que altera as regas do setor de saneamento básico. O principal ajuste no texto original publicado em dezembro, pelo ex-presidente Michel Temer, é a tentativa de tornar mais equilibrada a concorrência entre empresas privadas e estatais, geralmente estaduais, de água e esgoto.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 JBSS3 JBS ON19,45+8,48+67,82401,96M
 MRFG3 MARFRIG ON7,24+7,42+32,6065,71M
 BRFS3 BRF SA ON27,68+6,26+26,22545,34M
 SBSP3 SABESP ON41,05+3,61+30,32136,61M
 PETR3 PETROBRAS ON N230,15+3,57+18,70337,03M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 CSNA3 SID NACIONALON15,62-3,70+76,70364,90M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON35,58-3,66-15,3396,27M
 VVAR3 VIAVAREJO ON4,01-3,37-8,6677,03M
 SUZB3 SUZANO S.A. ON41,56-2,10+9,14159,59M
 KROT3 KROTON ON ED9,95-1,97+12,45102,65M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1Vol 30d1Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N226,66+2,822,45B2,11B104.912 
 VALE3 VALE ON53,01+3,27932,17M988,58M40.923 
 BBAS3 BRASIL ON47,90+2,22583,87M616,00M34.245 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN32,90-0,09554,00M717,43M41.182 
 BRFS3 BRF SA ON27,68+6,26545,34M168,87M38.393 
 JBSS3 JBS ON19,45+8,48401,96M151,44M53.529 
 BBDC4 BRADESCO PN34,76-0,17379,80M557,85M32.154 
 CSNA3 SID NACIONALON15,62-3,70364,90M276,25M25.790 
 PETR3 PETROBRAS ON N230,15+3,57337,03M376,58M20.046 
 B3SA3 B3 ON31,45+0,96249,54M287,85M21.742 

* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)
IBOVESPA