Resumo da Bolsa

Ibovespa se segura e fecha estável após presidente do Fed derrubar o mercado; dólar cai para R$ 4,02

Índice chegou a subir mais de 1% em dia volátil de pesquisas eleitorais, mas perdeu força após Wall Street azedar com discurso de Jerome Powell

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O pregão desta quarta-feira (26) foi de bastante volatilidade, com o mercado iniciando o dia mais uma vez de olho no cenário eleitoral, mas deixando de lado o cenário doméstico para reagir à “confusa” decisão do Federal Reserve, que elevou os juros nos Estados Unidos. O comunicado em si levou Wall Street e o Ibovespa para suas máximas, mas a coletiva do chairman Jerome Powell fez os índices norte-americanos afundarem, pressionando o mercado brasileiro.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

Com isso, o benchmark da bolsa brasileira fechou com leve alta de 0,03%, aos 78.656 pontos, após chegar a subir 1,06% na máxima do dia. O dólar, por outro lado, não foi muito afetado por esta volatilidade da bolsa, mantendo o dia de forte queda e fechando com perdas de 1,39%, cotado a R$ 4,0262 na venda, refletindo a expectativa do Fed de elevar os juros mais uma vez este ano e outras três em 2019, o que derrubou os Treasuries dos EUA.

PUBLICIDADE

O Federal Reserve elevou os juros norte-americanos em 25 pontos-base pela terceira vez neste ano, para o patamar entre 2% e 2,25%. Em uma reviravolta surpreendente, porém, o Fed retirou do texto o trecho em que dizia que sua política monetária “permanece acomodativa”, deixando o mercado confuso sobre a interpretação desta alteração.

Se por um lado as projeções do Fed se mantiveram em linha com o esperado (veja mais clicando aqui), o discurso de Powell agitou o mercado, com o Dow Jones virando de alta para uma queda de 0,5%. A explicação dada por analistas é que a primeira interpretação do mercado para a retirada do trecho no comunicado era de fim do ciclo de aperto do Fed, mas Powell disse que esta alteração não sinaliza qualquer mudança em direção à normalização da política monetária.

“Eu acho que tanto o Fed quanto o presidente Jerome Powell, em particular, não querem que o mercado interprete a remoção de ‘acomodativo’ como um sinal de que eles estão perto do fim”, disse Michael Arone, estrategista-chefe de investimentos da State Street Global Advisors para a CNBC.

Novas pesquisas eleitorais
Mais cedo foi divulgada pesquisa Ibope que aponta que Bolsonaro oscilou de 28% para 27% das intenções de voto e Fernando Haddad (PT) teve variação de 22% para 21%. Na simulação de segundo turno, Bolsonaro fica numericamente atrás, mas empatado tecnicamente contra Haddad (42% x 38%) e Geraldo Alckmin (40% x 36%). O candidato do PSL está à frente de Marina, mas empatado tecnicamente (40% x 38%), e perderia de Ciro Gomes (44% x 35%). Veja a pesquisa completa aqui

Pela manhã, levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, encomendado pela Empiricus Research, mostrou crescimento de Bolsonaro de 26,6% para 31,2% das intenções de voto no primeiro turno e Haddad subindo de 8,3% para 20,2%. Em simulação do segundo turno, Bolsonaro aparece com 44,3% das intenções de voto e Haddad com 39,4%. Veja a pesquisa completa aqui.

“Parece que o mercado financeiro aposta que caso Haddad ganhe, ele poderia ser bem pragmático e fazer algumas reformas. Além disto, mercado ainda coloca as fichas no segundo turno, quando ambos candidatos terão tempo igual na TV”, avalia José Faria Júnior, diretor técnico da Wagner Investimentos. 

PUBLICIDADE

Ainda na agenda das eleições está o debate entre os presidenciáveis promovido pelo UOL em parceria com a Folha de S. Paulo e o SBT. O evento será realizado das 17h45 às 19h30.

Destaques da bolsa
As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 BRFS3 BRF SA ON22,21+5,21-39,32130,30M
 UGPA3 ULTRAPAR ON38,41+4,66-47,52128,20M
 ESTC3 ESTACIO PARTON24,69+4,57-24,0781,71M
 KROT3 KROTON ON11,25+3,69-37,1674,57M
 CYRE3 CYRELA REALTON10,61+2,91-16,5122,63M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 CCRO3 CCR SA ON7,88-5,85-50,40194,32M
 VALE3 VALE ON60,01-3,52+55,091,49B
 CPLE6 COPEL PNB20,91-2,74-15,8512,05M
 ECOR3 ECORODOVIAS ON6,96-2,38-41,2137,19M
 GGBR4 GERDAU PN17,11-2,00+40,34232,32M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1Vol 30d1Neg 
 VALE3 VALE ON60,01-3,521,49B726,23M51.763 
 PETR4 PETROBRAS PN N220,19+0,551,21B1,05B61.128 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN43,32+1,10528,35M468,76M26.196 
 BBDC4 BRADESCO PN28,57+0,25430,35M339,71M42.417 
 BBAS3 BRASIL ON29,45-0,34361,19M314,03M24.354 
 BRAP4 BRADESPAR PN37,90-1,10273,59M50,99M21.867 
 GGBR4 GERDAU PN17,11-2,00232,32M140,75M19.937 
 SUZB3 SUZANO PAPELON47,96-0,08219,81Mn/d12.985 
 ABEV3 AMBEV S/A ON18,70+1,63200,68M262,30M22.652 
 ITSA4 ITAUSA PN9,76+0,93195,53M179,46M35.879 

* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)
IBOVESPA

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!