Ibovespa Futuro inicia ano em queda, seguindo movimento de bolsas mundiais após reversão de manhã positiva

Índices mundiais iniciaram dia em alta mas reverteram para quedas ao longo da manhã

Camille Bocanegra

Publicidade

O Ibovespa Futuro opera em queda, acompanhando o movimento dos futuros de Nova York. Os índices lá fora iniciaram o dia em alta mas reverteram para quedas ao longo da manhã.

Às 9h10 (horário de Brasília), o índice futuro com vencimento em fevereiro operava com baixa de 0,76%, aos 134.845 pontos.

Na agenda do dia, as divulgações de PMI ao redor do mundo são destaque. Já foram apresentados os dados de países europeus, como Alemanha e França. Apesar de surpreender ligeiramente as estimativas, o indicador continuou a apontar para a contração da economia em dezembro.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Além disso, também serão divulgados hoje os o PMI dos EUA, juntamente com as informações sobre os gastos com construção referentes a novembro.

Nessa semana, os EUA aguardam importantes divulgações do mercado de trabalho, como o relatório JOLTs, na quarta-feira, a pesquisa ADP de empregos privados no dia seguinte e os dados do payroll (folha de pagamento), na sexta. Os números indicam a temperatura da economia no país e são monitorados de perto pelo Federal Reserve (Fed).

Além dos indicadores, haverá a divulgação da Ata do Fomc (comitê de política monetária do Fed), que traz mais indicações dos rumos da trajetória de juros no país. A expectativa é que o documento apresente mais direções sobre o início do ciclo de cortes pela instituição.

Continua depois da publicidade

Leia também

Tempo RealIbovespa Ao Vivo: confira o que movimenta bolsa, dólar e juros

Em Wall Street, os índices futuros de Nova York amanheceram em alta mas reverteram para queda ao longo da manhã, com destaque para queda de ações da Apple depois de recomendação negativa do Barclays.

O banco britânico considera que a companhia poderá perder 17% em 2024 em razão de vendas mais baixas de Iphones. Os índices também são negativamente impactados, no momento, por quedas de Microsoft e Nvidia.

Nesta manhã, o Dow Jones Futuro caía 0,45%, S&P Futuro recuava 0,63% e Nasdaq Futuro registrava queda de 0,93%.

No Brasil, as principais divulgações do dia será o PMI Industrial S&P Global, às 10h, e a Balança Comercial, às 15h.

Dólar hoje

O dólar comercial operava com alta de 0,07%, cotado a R$ 4,855 na compra e R$ 4,856 na venda

Já o dólar futuro (DOLFUT) subia 0,14%, indo aos 5,079 pontos.

No mercado de juros, os contratos operavam em alta. O DIF25 (janeiro de 2025) subia +0,20 pp, a 10,05%; DIF26, +0,47 pp, a 9,66%; DIF27, +0,67 pp, a 9,79%; DIF28, +0,65 pp, a 10,00%; DIF29 +0,70 pp, a 10,34%.

Exterior

Os mercados europeus caem ao longo da manhã desta terça-feira, revertendo a abertura positiva da sessão.

Com alta de 0,43% logo na abertura da sessão, o Stoxx 600 chegou ao seu maior patamar desde 20 de janeiro de 2022, com maioria dos setores no positivo. A alta foi principalmente puxada pelo setor de petróleo e gás, que acompanha os avanços da commodity nessa manhã e as tensões no Mar Vermelho.

Ásia

No mercado asiático, 2024 começou misto, com quedas expressivas na bolsa chinesa enquanto as ações das Austrália chegaram perto de seu maior patamar de todos os tempos. No Japão, a bolsa segue fechada até quarta-feira por feriado de mercado.

O mercado chinês sofreu com a divulgação do PMI de manufatura do país, que apresentou contração. O dado, em 49 ante os esperados 49,5 e em queda em relação aos 49,4 apresentados anteriormente, demonstrou a possível necessidade de maiores ações políticas para suportar um avanço da economia.

Já a pesquisa Caixin demostrou avanço na atividade manufatureira em dezembro, em 50,8 ante os 50,7 esperados.

O índice CSI 300 da China fechou 1,3% mais baixo em 3.386,35 na terça-feira, enquanto o índice Hang Seng de Hong Kong caiu 1,62%. Ambos os mercados estiveram entre os piores desempenhos de 2023.

Petróleo

O petróleo sobe nesta terça-feira acompanhando as tensões no Mar Vermelho. O Irã enviou um navio de guerra para a região, após novos ataques do grupo Houti, grupo rebelde do Iêmen.

O envio foi anunciado na segunda-feira e, de acordo com o comunicado do país pérsico, operações dessa natureza são periodicamente realizadas para garantir rotas de navegação no Mar Vermelho. Ainda assim, o clima de apreensão permanece, pois o movimento ocorre após a destruição, pela Marinha dos EUA, de três barcos Houthi, com morte de 10 tripulantes.

O ataque dos EUA respondeu à pedido de socorro de navio com bandeira de Cingapura, que estava sob fogo de embarcação dos Houthi.

Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 2,93%, a 1002,00 iuanes, o equivalente a US$ 140,48.

(com Reuters)