Fechamento

Ibovespa fecha acima dos 120 mil pontos e tem melhor desempenho em 7 meses; dólar volta a cair

Com recuo das commodities e, consequentemente, dos juros, varejistas e companhias de tecnologia são destaques entre maiores ações da bolsa

Por  Felipe Moreira -

A bolsa brasileira acompanhou o otimismo do exterior e fechou acima dos 120 mil, com a redução das tensões entre a Rússia e a Ucrânia, depois que as primeiras negociações presenciais de autoridades dos dois países em mais de duas semanas apresentaram sinais de avanço. A Rússia prometeu reduzir drasticamente suas operações militares em torno de Kiev, enquanto a Ucrânia propôs um status de neutralidade com garantias internacionais.

O movimento para cima também foi impulsionado pelas altas das ações ordinárias e preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4), de 1,09% e 2,47%, respectivamente, a despeito da queda do petróleo. A valorização vem após a indicação de Adriano Pires para a presidência da empresa, no lugar do General Joaquim Silva e Luna, com a percepção de que não haverá grandes mudanças na gestão da companhia.

O Ibovespa fechou em alta de 1,07%, aos 120.014 pontos nesta terça-feira (29), maior patamar desde 27 de agosto do ano passado, após oscilar entre 118.739 e 120.900 pontos. O volume financeiro foi de R$ 35,8 bilhões.

Os destaques positivos ficaram com as ações da Via (VIIA3), que subiram 8,63%, seguidas pela Americanas (AMER3) e Magalu (MGLU3), com ganhos de 8,42% e 8,19%, respectivamente.

Segundo analistas da Ativa Investimentos, o setor de varejo avança com a queda na curva de juros, após provável atenuação do conflito no Leste Europeu.

As ações da Cyrela (CYRE3) e Bradespar (BRAP4) foram os destaques negativos da sessão, recuando, respectivamente, 2,91% e 2,14%, seguidas pela Gerdau (GGBR4), que recuaram 2,02%. Os setores de siderurgia e mineração vêm sendo prejudicados devido aos novos lockdown impostos na China.

O dólar à vista reverteu parte da alta de ontem e caiu 0,31%, a R$ 4,757, após oscilar entre R$ 4,717 e R$ 4,784.

No aftermarket, às 17h12, a curva de juros recuam em bloco: DIF23, -0,24 pp, a 12,70%; DIF25, -0,92 pp, a 11,30%; DIF27, -0,53 pp, a 11,20%; DIF29, -0,52 pp, a 11,38%.

Em Wall Street, a esperança crescente de um cessar-fogo entre russos e ucranianos ajudou as bolsas americanas a fecharem no campo positivo.

O índice Dow Jones subiu 0,97%, aos 35.294 pontos. O S&P 500 avançou 1,23%, aos 4.631 pontos, enquanto o Nasdaq teve alta de 1,84%, aos 14.619 pontos.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe