Bolsa

Ibovespa zera perdas puxado por Petrobras e Vale; dólar segue em alta

Mercado mostra perdas na esteira da perspectiva de uma dificuldade maior na recuperação pós-pandemia

baixa gráfico índice
(Getty Images)

SÃO PAULO – O Ibovespa zera perdas nesta quinta-feira (17) puxado pelos ganhos de Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3; PETR4). A mineradora sobe apesar da baixa na cotação do minério e a petroleira reflete a virada dos preços do petróleo após reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Lá fora, as bolsas dos Estados Unidos seguem em queda. Embora seja boa para o mercado a sinalização feita pelo Federal Reserve ontem de que as taxas de juros permanecerão perto de zero pelos próximos três anos, os investidores estão preocupados com as entrelinhas de todo esse relaxamento monetário.

Prevalece nas bolsas mundiais o temor de que o Fed só esteja tão dovish (favorável a usar a política monetária para estimular a economia) porque as perspectivas para a atividade econômica no pós-pandemia estão mais sombrias do que as autoridades querem deixar transparecer.

PUBLICIDADE

Carmen Reinhart, economista-chefe do Banco Mundial, disse que a recuperação econômica global diante da crise provocada pelo coronavírus pode levar até cinco anos. Ela afirmou ainda que a recessão por causa da pandemia agravará desigualdades e aumentará a taxa de pobreza dos países.

Há também uma interpretação adicional de que o mercado se tornou “dependente” do Fed, de modo que mesmo com um discurso mais estimulativo pela autoridade monetária os investidores se frustram por esperarem mais atuações neste segundo semestre como as que foram feitas no primeiro.

Todavia, como os últimos indicadores econômicos americanos foram ligeiramente positivos, dificilmente o Fed traria tantos estímulos como os que alguns agentes do mercado querem.

“Embora tenha prometido manter os juros baixos, o Fed não preparou o terreno para quaisquer novos estímulos para a bombardeada e ferida economia dos EUA”, avaliou o banco IG.

Por aqui, o Comitê de Política Monetária (Copom) fez o esperado e manteve a taxa básica de juros, Selic, em 2% ao ano. A avaliação dos economistas é de que o comunicado continua reforçando um forward guidance de que os juros vão continuar baixos por bastante tempo.

Às 14h11 (horário de Brasília) o Ibovespa tinha leve variação positiva de 0,05%, aos 99.721 pontos.

PUBLICIDADE

Enquanto isso, o dólar comercial sobe 0,23% a R$ 5,2504 na compra e a R$ 5,2524 na venda. O dólar futuro para outubro tem alta de 0,12%, a R$ 5,247.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 tem baixa de oito pontos-base a 2,81%, o DI para janeiro de 2023 registra queda de 10 pontos-base a 4,13%, o DI para janeiro de 2025 recua sete pontos-base a 6,04% e o DI para janeiro de 2027 varia negativamente seis pontos-base a 7,03%.

Entre os indicadores, os EUA tiveram 860 mil novos pedidos por seguro-desemprego na semana passada, mostrou o Departamento de Trabalho do país. Este número foi um pouco maior do que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 850 mil requisições do benefício no período.

Outro destaque é a notícia de que o presidente Jair Bolsonaro foi intimado pela Polícia Federal a depor no inquérito que apura a denúncia do ex-ministro da Justiça Sergio Moro de uma suposta interferência no órgão. Como resposta, o presidente Jair Bolsonaro com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo para a prestar o depoimento por escrito.

Presidente sob pressão

O presidente Jair Bolsonaro foi intimado pela Polícia Federal a depor no inquérito que apura a denúncia do ex-ministro da Justiça Sergio Moro de uma suposta interferência no órgão. Como resposta, o presidente Jair Bolsonaro com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo para a prestar o depoimento por escrito.

O ofício da PF chamou o presidente a um ato interrogatório nos dias 21, 22 ou 23 de setembro de 2020, às 14 horas. De acordo com o Estado de S.Paulo, o pedido de depor por escrito foi baseado em uma decisão de 2017 que permitiu a Michel Temer fazer o mesmo.

Ao mesmo tempo, a PF intimou os filhos do presidente – o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) – a depor como testemunhas no inquérito que apura a realização de atos antidemocráticos. O pedido de investigação foi apresentado depois de atos que defendiam o fechamento do Congresso Nacional e do STF, além de pautas antidemocráticas.

PUBLICIDADE

Outro destaque é a informação de que o presidente pretende fazer um corte bilionário em despesas da Educação, de programas sociais, e de ministérios como a Agricultura para turbinar o Plano Pró-Brasil de investimentos públicos e outras ações apadrinhadas pelo Congresso Nacional.

De acordo com O Estado de S.Paulo, o corte foi definido em reunião da Junta de Execução Orçamentária (JEO). O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Ministério da Infraestrutura receberão R$ 1,6 bilhão cada. Já o Congresso ficará com R$ 3,3 bilhões. Nos cortes, a maior redução, de R$ 1,57 bilhão, é prevista no Ministério da Educação. O Ministério da Defesa sofreu corte de R$ 430 milhões.

Novo programa social

Ontem, o senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator do Orçamento de 2021, disse que o presidente autorizou a criação de um novo programa social no seu relatório. No entanto, ele evitou detalhar valores e as origens de recursos para viabilizar o programa.

Além disso, foi noticiado que a segunda fase de pagamento do auxílio emergencial de R$ 300, que vai até dezembro, vai deixar de fora um universo de seis milhões de pessoas, segundo estimativas do Ministério da Cidadania.

O mercado segue acompanhando os passos da equipe econômica do governo. Ontem, a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes fez uma reunião de quatro horas em Brasília, mas não falou com a imprensa.

Segundo a Folha de S.Paulo, o ministro mudou de estratégia e quer que o presidente dê aval a suas propostas, com líderes partidários, antes que elas sejam divulgadas. Na terça-feira (15), Bolsonaro ameaçou o time de Guedes com “cartão vermelho” caso fossem feitas propostas de criação do Renda Brasil com cortes em outros programas sociais.

Existem rumores sobre uma possível saída do secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues. Foi ele quem falou sobre um possível congelamento de aposentadorias para bancar o Renda Brasil, mas a medida foi publicamente criticada pelo presidente, que decidiu encerrar os planos de criar o programa.

De acordo com O Globo, Guedes aguarda um pedido de demissão do secretário, e a equipe econômica estaria tentando construir uma saída honrosa para Waldery, como um cargo em organismo internacional, por exemplo.

Radar corporativo

PUBLICIDADE

No noticiário corporativo, a Copel anunciou que o preço mínimo de venda da Copel Telecomunicações será de R$ 1,4 bilhão. O leilão pela empresa deve ocorrer no dia 09 de novembro de 2020. Outro destaque foi a captação de US$ 500 milhões pela BRF no mercado externo, por meio de senior notes.

Além disso, a Eletrobras teve seu rating elevado pela agência de classificação de risco Moody´s, de “Ba3” para “Ba2”. A agência também aumentou a avaliação de crédito básica da empresa (BCA) de “b1” para “Ba3”. A perspectiva para todos os ratings foi alterada de positiva para estável. Os investidores aguardam hoje a fixação do preço por ação em IPO da Cury após bookbuilding.

A Janela de R$ 1 Trilhão: como os experts da XP identificam as ações com maior potencial de valorização da Bolsa