Na Real na TV

Há chances de eleições de 2018 repetirem disputa de 1989, com 2º turno entre opositores

O programa Na Real na TV desta semana entrevistou o cientista político e professor Carlos Melo; assista

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Os agentes econômicos seguem manifestando tom de confiança com os feitos e promessas da gestão Michel Temer, mas as pesquisas de avaliação do governo apontam para um indigesta e persistente nível de baixa popularidade. Quais podem ser os efeitos desse descompasso? Há motivos para acreditar em uma maior aceitação por parte da população à medida que o tempo passa e uma retomada de confiança traz resultados mais claros na economia? Para tentar responder essa e outras perguntas, o programa Na Real na TV desta semana recebe o cientista político e professor do Insper Carlos Melo.

Durante a entrevista, o especialista também especulou sobre como poderá ser a próxima disputa presidencial. Com todas ressalvas que uma análise com tamanha antecedência e em meio a um cenário nebuloso como o atual, Melo espera uma situação extremamente aberta e com diversos candidatos. Ele chama atenção para o fato de o legado do atual governo ainda ser incerto, assim como qual será o nome que representará a continuidade das políticas implementadas, fatores que podem representar riscos de ruptura da estrutura da base aliada. Desta forma, embora seja cedo, o cientista político argumenta que não seria tão irreal imaginar uma disputa de segundo turno entre figuras como Marina Silva e Ciro Gomes, tamanha fragmentação esperada, em um cenário similar ao das eleições de 1989.

Assista à íntegra do programa:

O programa Na Real é transmitido ao vivo todas as segundas-feiras das 14h00 às 14h30 na InfoMoneyTV. Para conferir a grade completa com as gravações anteriores, clique aqui.