Grupo Levante abre rodada de investimentos e pretende captar R$ 8 milhões

Empresa, que atua no segmento de análise financeira e gestão de patrimônio, pretende focar na expansão da marca e serviços com valores captados, e visa IPO

Equipe InfoMoney

Publicidade

O Grupo Levante, que atua no segmento de análise financeira e gestão de patrimônio, iniciou na última quarta-feira (19) rodada de captação em conjunto com a plataforma eletrônica de investimento participativo Bloxs. Até a tarde desta sexta-feira (21), cerca de 20% dos R$ 8 milhões esperados foram captados. O valor mínimo da cota para investimento é de R$ 25 mil.

A Levante, que foi criada há 4 anos e tem a XP Investimentos como sócia minoritária, destaca que o seu segmento de atuação (análise financeira e gestão de patrimônio) apresenta potencial de crescimento e geração de retorno nos próximos anos.

A empresa cita que o número de investidores em renda variável na Bolsa saiu de 814 mil para 4,2 milhões em menos de quatro anos, conforme dados da B3 de fevereiro de 2022. Do mesmo modo, a indústria de fundos cresceu 52,93%, nos últimos quatro anos em número de investidores e 59% em patrimônio líquido. Além disso, houve um aumento do número de Agentes Autônomos, que disparou 209% de 2018 para cá.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Por conta de tudo isso, agora a empresa quer dar um passo além e, como sempre, timing é ponto-chave desse investimento. Investir agora significa surfar em um provável crescimento do setor”, afirma.

O Grupo Levante, avaliado em R$ 120 milhões, possui três frentes de atuação. A Levante Varejo, braço mais antigo, possui 14 séries de investimento focadas em atender diferentes públicos de pessoas físicas e serviços personalizados. A Levante Corp é focada em atender Agentes Autônomos e AAIs; a frente possui serviço em mais de 150 escritórios de Agentes Autônomos e mais de 150 ativos de renda variável cobertos. Já a Levante Asset é a mais nova do grupo e focada em gestão de patrimônio e fundos de investimento.

“Nós temos um objetivo claro, que é ‘tocar o sino da B3’ [abrir capital na Bolsa de Valores] nos próximos anos. Estamos caminhando para isso. Na verdade, nunca estivemos tão perto, diante da versatilidade e da abrangência das nossas frentes de atuação nesse mercado. Essa rodada de captação é para reunir os investidores interessados em se juntar a nós nessa jornada”, apontou em comunicado Rafael Bevilacqua, co-fundador e CEO da Levante.

Continua depois da publicidade

Rafael Bevilacqua, co-fundador e CEO da Levante (Foto: Divulgação)

Segundo a empresa, a captação é o “último empurrão” para conseguir consolidar a expansão das suas unidades de negócio de maneira definitiva.

“Com essa captação, a Levante pretende focar na expansão da sua marca e dos seus serviços, aumentando o alcance e o market share de um segmento que já está em expansão”, afirma. Os recursos serão distribuídos da seguinte maneira: 50% em capital de Giro, 20% em marketing, 10% em pessoal e 20% em tecnologia.

A Levante destaca que a rodada de captação do grupo e mais informações essenciais constam na plataforma Bloxs e reitera, conforme orientação da CVM, não investir antes de entender as informações essenciais da oferta.