Eike e PT

Governo escala Petrobras para salvar EBX, diz Valor Pro; ações da OGX sobem 17%

As ações do grupo EBX tiveram uma forte recuperação desde as mínimas da sessão, após o Valor Pro noticiar que o governo começa a preparar um plano para salvar as empresas do grupo de Eike Batista

SÃO PAULO – As ações do grupo EBX tiveram uma forte recuperação desde as mínimas da sessão, após o Valor Pro noticiar que o governo começa a preparar um plano para salvar as empresas do grupo de Eike Batista. A Petrobras (PETR3; PETR4) teria sido escalada para a tarefa, informa o sistema de notícias do jornal, sobretudo em relação ao Porto de Açu – que, de acordo com a revista Veja, pode desabar – notícia desmentida pela companhia.

Com isso, as ações da OGX Petróleo (OGXP3), que recuavam 12% nas mínimas do dia, inverteram para o positivo e chegaram a apresentar alta de 1,75%, aos R$ 1,74 – alta de mais de 17% – antes de fechar em queda de “apenas” 1,75%, aos R$ 1,68. Somente entre 16h30 e 16h45, os papéis apresentaram ganhos de 8%, chegando a entrar em leilão. O volume da companhia também se intensificou bastante, batendo os R$ 400 milhões – acima da média diária dos últimos 21 dias, em R$ 281 milhões

De acordo com o Valor Pro, a estatal deverá avaliar que tipo de ganho poderia ter ao salvar a LLX – o governo acredita que não é de interesse “do país”. De acordo com as fontes ouvidas pelo sistema de notícias, os poços de petróleo da OGX podem servir de “moeda de troca”. 

A LLX Logística (LLXL3), cuja queda máxima chegou a ser de 14,71%, fechou em queda de 5,93%, aos R$ 1,93 – recuperação de mais de 10%. A MMX Mineração (MMXM3), por sua vez, via a ação cair 6,25% antes de engatar um movimento altista que a faz subir 7,29%, para R$ 2,06 – a segunda maior alta do Ibovespa no momento. O título híbrido MMXM11, fechou estável aos R$ 2,20. 

O índice ganhou forças com a movimentação das ações de Eike Batista, virando para o positivo e fechando em alta 0,08% neste horário, aos 55.092 pontos. As ações da Petrobras (PETR3; PETR4) não apresentam bom movimento nessa sessão: os papéis ordinários caíram 1,96%, aos R$ 16,00, enquanto os preferenciais recuaram 2,19%, aos R$ 17,41 – sofrendo também por conta de um vazamento.

Fora do índice, as ações de Eike também responderam bem. A OSX Brasil (OSXB3), que chegou a bater os R$ 3,17, diminuiu as perdas para 4,74%, aos R$ 3,62. A MPX Energia (MPXE3) também caia forte, mas virou para cima e teve alta de 0,53%, aos R$ 9,40. Por fim, a CCX Carvão (CCXC3) subiu 4,35%, aos R$ 3,60.