Gerdau (GGBR4) lucra 50% a menos no balanço do 2º trimestre com retração do consumo; receita cai 20%

Empresa sentiu desaceleração econômica na China, preocupação com recessão nos EUA e dificuldades de acesso ao crédito no Brasil

Equipe InfoMoney

Publicidade

A Gerdau (GGBR4) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 2,143 bilhões, cifra 50,1% inferior à reportada no mesmo período de 2022, de R$ 4,298 bilhões.

Conforme a empresa, quando comparado à igual período de 2022, o resultado recuou devido à forte base de comparação, somado à retração do consumo mundial de aço.

No trimestre, questões como o nível de atividade econômica na China, provável desaceleração da economia norte-americana e dificuldades de acesso ao crédito no Brasil impactaram o consumo global do produto.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Resultados Gerdau (GGBR4)

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) alcançou R$ 3,8 bilhões, 43,2% abaixo de um ano antes, com margem de 20,8%, ante 29,1% de um ano antes.

O resultado financeiro apresentou despesas líquidas de R$ 423 milhões no 2T23, ante despesa líquida de R$ 361 milhões de um ano antes.

Conforme a empresa, o resultado financeiro foi influenciado, na comparação anual, principalmente, pelo maior efeito da variação cambial, que reflete as oscilações na taxa de câmbio das moedas locais frente ao dólar.

Continua depois da publicidade

A receita líquida totalizou R$ 18,3 bilhões no segundo trimestre, montante 20,5% menor do que um ano antes. As vendas de aço, tonelada, caíram 9,6%. Enquanto isso, o lucro bruto somou R$ 3,3 bilhões, queda de 44,5%.

Dívida

A dívida bruta da Gerdau somou R$ 10,695 bilhões, queda de 14,1%. Assim a relação entre a dívida líquida e o Ebitda ficou em 0,37 vez, ante 0,19 vez de um ano antes.

Os investimentos somaram (Capex) somaram R$ 1,229 bilhão, queda de 28,2%. Enquanto isso, o fluxo de caixa livre ficou em R$ 784 milhões, queda de 75,6%.