Futuros dos EUA operam mistos, com S&P 500 em direção à máxima histórica; Haddad, IPCA-15, Caged e mais destaques

No Brasil, o ministro da Fazenda concederá entrevista coletiva à imprensa às 10h

Felipe Moreira

Publicidade

A maioria dos mercados asiáticos fechou no azul, nesta quinta-feira (28), enquanto os índices futuros dos Estados Unidos e as bolsas da Europa operam mistos nesta quinta-feira (28), à medida que as principais praças globais buscam novos recordes históricos para encerrar o ano.

O S&P 500, dos EUA, fechou em 4.781,58 na quarta-feira (27), pouco abaixo de seu máximo histórico de fechamento, de 4.796,56 em 3 de janeiro de 2022. 

Hoje, o principal foco dos investidores, lá for, serão os dados econômicos sobre pedidos de auxílio-desemprego e de vendas pendentes de casas nos EUA.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

No Brasil, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, concederá entrevista coletiva à imprensa nesta quinta-feira (28), às 10h. A expectativa é que Haddad fale sobre o conjunto de medidas para compensar a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos.

Nos indicadores locais, saem hoje o IPCA-15 e o Caged, com números da criação formal de vagas. Para o IPCA-15, a expectativa do mercado é de avanço de 0,27% na comparação mensal e de 4,59% na base anual. Já para o Caged, o consenso LSEG prevê a criação de 142.841 vagas de emprego em novembro.

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operam sem direção única, com as atenções voltadas para a possibilidade do S&P 500 atingir um recorde e para a divulgação dos dados semanais de pedidos de seguro-desemprego nos EUA.

Continua depois da publicidade

O S&P 500 fechou em 4.781,58 na quarta-feira, pouco antes de seu máximo histórico de fechamento de 4.796,56 em 3 de janeiro de 2022. 

Veja o desempenho dos mercados futuros:

Ásia

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, com ganhos liderados por Hong Kong, em meio à tendência de valorização global dos mercados acionários com expectativas de afrouxamento monetário.

O Hang Seng avançou 2,52% em Hong Kong, a 17.043,53 pontos, graças a uma forte demanda por ações de tecnologia e do setor imobiliário. No ano, porém, o índice do território semiautônomo mostra o pior desempenho na região da Ásia e do Pacífico, com perdas de cerca de 14%.

Na China continental, os mercados foram favorecidos hoje por papéis ligados ao turismo e a semicondutores. O Xangai Composto subiu 1,38%, a 2.954,70 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto garantiu alta mais expressiva, de 2,30%, a 1.817,38 pontos.

Europa

Os mercados europeus operam mistos, oscilando em torno do seu nível mais alto desde janeiro de 2022, após uma forte recuperação no final do ano, alimentada pelo crescente otimismo de que os bancos centrais reduzirão as taxas de juro no próximo ano.

Commodities

Os preços do petróleo operam com baixa, em meio a temores sobre a escalada das tensões no Oriente Médio.

As cotações do minério de ferro na China fecharam em baixa, à medida que os participantes do mercado se preparavam para uma contração sustentada na atividade manufatureira na China.

A atividade manufatureira da China provavelmente contraiu pelo terceiro mês consecutivo em dezembro, mostrou uma pesquisa da Reuters, influenciada pela fraca demanda por bens manufaturados, uma leitura que encorajaria os apelos por mais apoio político.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência para janeiro, SZZFF4, caiu 1,8%, a US$ 141,24 a tonelada, quebrando uma seqüência de cinco dias de vitórias.

Bitcoin

2. Agenda

A agenda de hoje tem como destaque o IPCA-15 e o Caged, com números da criação formal de vagas, ambos na quinta-feira. Para o IPCA-15, a expectativa do mercado é de avanço de 0,29% na comparação mensal. O Bradesco estima alta de 0,24%, com bens industrial e serviços em trajetória de desaceleração.

Na quinta-feira, já tradicionalmente serão apresentados os dados semanais de pedidos de auxílio desemprego nos EUA.

Brasil

8h: IGP-M de dezembro; consenso LSEG prevê alta de 0,66% na comparação com novembro

9h: IPCA-15 de dezembro; consenso LSEG projeta alta de 0,27% na base mensal e de 4,59% na base anual

14h: Caged; consenso LSEG prevê a criação de 142.841 vagas de emprego

14h30: Fluxo cambial semanal

EUA

10h30: Pedidos de seguro-desemprego semanal; consenso LSEG espera 210 mil solicitações no período

12h: Moradias pendentes de novembro

3. Noticiário econômico

Haddad concederá entrevista nesta quinta-feira

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, concederá entrevista coletiva à imprensa nesta quinta-feira (28), às 10h. A expectativa é que Haddad fale sobre o conjunto de medidas para compensar a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos, que beneficia 17 setores da economia e cuja validade foi estendida pelo Congresso até 2027.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a vetar integralmente o texto, mas o veto foi derrubado pelos parlamentares por ampla maioria. A estimativa é que a renúncia de receita seja da ordem de R$ 25 bilhões no próximo ano.

4. Noticiário político

Deputado é condenado a pagar R$ 80 mil por assédio eleitoral

A Justiça do Trabalho em Goiás condenou o deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) ao pagamento de R$ 80 mil por danos morais. O parlamentar foi acusado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) de assédio eleitoral em âmbito trabalhista durante o segundo turno das eleições de 2022.

De acordo com o MPT, Gayer realizou reuniões com funcionários de diversas empresas para promover “propaganda eleitoral irregular” para o então candidato à reeleição Jair Bolsonaro. Em um dos casos, Gayer foi a uma padaria, a pedido do proprietário, e fez uma reunião com os colaboradores para falar sobre “as propostas dos candidatos à Presidência da República”.

No ano passado, após receber uma denúncia anônima, os procuradores entraram com uma liminar na Justiça do Trabalho para impedir a realização de novas reuniões durante o período eleitoral, e o pedido de suspensão foi aceito.

5. Radar Corporativo

BTG (BPAC11)

O Conselho de Administração do BTG Pactual (BPAC11) aprovou, nesta quarta-feira (27), a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) decorrentes de lucros apurados no exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2023.

Os valores individualizados:

a) Valor bruto por ação ordinária ou ação preferencial: R$ 0,049415061; e
b) Valor bruto por Unit BPAC11: R$ 0,148245182.

O pagamento dos juros sobre capital próprio ocorrerá no dia 15 de fevereiro de 2024.

Taesa (TAEE11)

O Conselho de Administração da Transmissora Aliança de Energia Elétrica S.A. (TAEE11) aprovou a distribuição de dividendos no montante de R$ 228 milhões a título de dividendos intercalares. O valor por ação ordinária e preferencial é de R$ 0,22061336000 e de R$ 0,66184008000 por Unit.

O pagamento dos dividendos intercalares ocorrerá no dia 16 de janeiro de 2024, com base na posição acionária do dia 3 de janeiro de 2024.

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)