Bolsas mundiais

Futuros americanos têm leve alta e bolsas europeias registram baixa; Fed e commodities seguem no radar

Confira os principais destaques dos mercados mundiais

petróleo plataforma índices preços queda baixa óleo
(Getty Images)

Os índices futuros americanos permanecem estáveis nesta sexta (18) pela manhã, com leve tendência de alta, enquanto que as bolsas europeias têm leve tendência de queda e as asiáticas fecharam o dia com desempenhos variados. Investidores continuam a digerir as sinalizações de quarta do banco central dos Estados Unidos, que vem sendo acompanhada de alta do preço do dólar e queda dos preços das commodities.

As bolsas dos Estados Unidos registraram dois dias de quedas após a divulgação na quarta (16) da declaração do Comitê Federal do Mercado Aberto (Fomc na sigla em inglês) do Federal Reserve.

A instituição anunciou que pretende manter suas taxas de juros referenciais inalteradas no momento, elevou sua expectativa de inflação para 2021. E adiantou para 2023 o plano de elevar as taxas de juros, atualmente próximas a zero. A divulgação dos dados contribuiu para levar a quedas nos mercados de ações.

Na quinta (17), o Departamento de Emprego dos Estados Unidos informou que o número de novos pedidos de seguro-desemprego subiu inesperadamente na semana passada, totalizando 412 mil, acima da estimativa de 360 mil e 37 mil a mais do que na semana anterior.

O Dow Jones fechou com queda de 0,62%; o S&P caiu 0,04%; e o Nasdaq subiu 0,87%. Na semana, o Dow acumula queda de 1,9%; o S&P recua 0,6%; e o Nasdaq tem alta de 0,65%.

Os preços das commodities continuam a ter quedas, ainda que menos expressivas como registradas na quinta, à medida que a China busca desacelerar a alta dos preços, e o dólar se fortalece. O barril de petróleo WTI, recua 0,183%, e o de Brent, 0,34%. O preço dos índices futuros de cobre, platina e paládio também caem.

As bolsas asiáticas fecharam a sexta com resultados variados, com enfoque dos investidores sobre a queda dos preços das commodities, acompanhando a valorização do dólar.

O Banco do Japão anunciou que pretende manter a política monetária estável, e prolongar a duração de seu programa de estímulo durante a pandemia. Em sua declaração, o banco central japonês afirmou: “No momento, o Banco irá monitorar de perto o impacto da Covid-19, não hesitará em tomar novas medidas expansionistas se necessário e também espera que as políticas de juros de curto e longo prazo se mantenham em seus níveis atuais, ou ainda mais baixos”.

No Japão, o Nikkei recuou 0,19%; na Coreia do Sul, o Kospi subiu 0,1%; na China continental, o Shanghai composto teve uma leve queda, fechando em 3.525,10 pontos, enquanto que o componente Shenzhen subiu 0,769%; em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,6%.

PUBLICIDADE

As bolsas europeias ficam estáveis, digerindo o anúncio de quarta-feira do Fed e a queda nos preços das commodities. O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, cai 0,08%, enquanto que as ações dos setores de seguros e bancos caem 1,1%, e as do setor industrial sobem 0,3%.

Segundo dados oficiais divulgados na sexta, as vendas no varejo do Reino Unido caíram 1,4% em maio em comparação com o mês anterior, frente à expectativa de economistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters de alta de 1,6%. Segundo o Escritório para Estatísticas Nacionais, lojas do setor de alimentação impulsionaram a queda inesperada. Após a divulgação dos dados, a libra recuou ao seu menor nível em seis semanas.

O Índice de Preços ao Produtor (IPP) da Alemanha subiu 1,5% na comparação mensal em maio, superando a estimativa do mercado, de alta de 0,7%. Na comparação anual, o IPP avançou 7,2%, frente à projeção de alta de 6,4%.

Veja o desempenho dos principais índices às 6h30 (horário de Brasília):
*Dow Jones Futuro (EUA), +0,04%
*S&P 500 Futuro (EUA), +0,01%
*Nasdaq Futuro (EUA), +0,21%
Europa
*FTSE (Reino Unido) -0,44%
*Dax (Alemanha), -0,22%
*CAC 40 (França), +0,16%
*FTSE MIB (Itália), -0,19%
Ásia
*Nikkei (Japão), -0,19% (fechado)
*Shanghai SE (China), +0,21% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +0,85% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +0,09% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, -0,183%, a US$ 70,91 o barril
*Petróleo Brent, -0,34% a US$ 72,83 o barril
*Bitcoin -3,73%, a US$ 37.700,03
**A Bolsa de Dalian fechou com o minério de ferro em queda de 0,17%, cotado a 1203 iuanes, equivalente hoje a US$ 186,86 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,44

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 170 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.