Pagamentos com cripto

Foxbit lança solução de pagamentos em Bitcoin para empresas no Brasil

Novidade também oferece suporte a outras 17 criptomoedas e começa funcionando em uma loja online de vinhos

Por  Paulo Alves -

SÃO PAULO – A corretora de criptomoedas brasileira Foxbit anuncia nesta sexta-feira (29) o Foxbit Pay, novo gateway de pagamentos para empresas que desejam receber Bitcoin (BTC) ou outras criptomoedas em troca de produtos ou serviços.

A novidade permite que lojistas integrem uma opção de pagamento ao e-commerce para aceitar cripto sem precisar criar um sistema próprio ou se preocupar com a custódia dos ativos.

Ao fazer a transação, o cliente paga com cripto e o estabelecimento recebe os ativos em sua conta na Foxbit, onde pode liquidá-los por reais.

A Foxbit é a primeira exchange de cripto a lançar uma solução de pagamentos para empresas no país. A Binance, maior bolsa de criptoativos do mundo por valor de mercado, anunciou uma iniciativa parecida no começo do ano, a Binance Pay, mas ainda sem previsão de chegar ao Brasil.

“Percebemos que, com o crescimento do mercado de criptomoedas neste ano, muitas empresas começaram a nos procurar em busca de uma solução para receber seus pagamentos em Bitcoin ou em outras criptomoedas”, conta Ricardo Dantas, Co-CEO da Foxbit.

A plataforma nacional começa com um parceiro ativo. Trata-se da 5 Wine List, uma loja de vinhos online que passa a aceitar bitcoins como forma de pagamento. Ao fechar o valor do pedido, o cliente obtém um QR Code que deve ser escaneado por meio de uma carteira de Bitcoin para finalizar a transação.

O cliente fica a cargo de pagar as taxas de rede, que variam conforme o ativo digital.

“A princípio as vendas por Bitcoin farão mais sentido para valores grandes, pois o custo de transação ainda é caro para valores baixos, de qualquer forma queremos estar à frente do mercado e também somos entusiastas do mercado de criptos”, afirmam os sócios da 5 Wine List, Marcelo Alemi e Junior Motta.

O Foxbit Pay também permite gerar link de pagamento, o que pode ajudar a convencer estabelecimentos físicos que não têm presença online a aceitar Bitcoin. Nesta modalidade, o prestador de serviço digita o valor a ser pago e cria automaticamente uma carteira para pagamento que atualiza o valor em criptomoedas a cada 30 minutos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para os próximos meses, a Foxbit prepara também a possibilidade de liquidar as criptos para reais no ato da compra, facilitando a adesão de comerciantes que preferem se proteger ao máximo da volatilidade típica deste mercado.

Além do Bitcoin, estão disponíveis para pagamento Ethereum (ETH), Litecoin (LTC) e outras 15 criptomoedas suportadas pela corretora, entre elas algumas das sensações do ano, como Cardano (ADA) e Axie Infinity (AXS).

Até onde vai o Bitcoin? Especialista da Levante dá aula gratuita sobre o futuro da criptomoeda. Clique aqui para assistir

Compartilhe