Fomc

Fed mantém juros nos EUA, com diretores ressaltando progresso da economia e inflação transitória

“Os setores mais afetados pela pandemia mostraram melhorias, mas não se recuperaram totalmente”, disse o comunicado do bc americano

SÃO PAULO – O Federal Reserve manteve nesta quarta-feira (28) a taxa básica de juros dos Estados Unidos próxima de zero e disse que a economia continua a progredir, apesar das preocupações com a pandemia do coronavírus.

“Os setores mais afetados pela pandemia mostraram melhorias, mas não se recuperaram totalmente”, disse o comunicado pós-reunião. “A inflação subiu, refletindo em grande parte fatores transitórios. As condições financeiras gerais permanecem acomodatícias, em parte refletindo medidas de política para apoiar a economia e o fluxo de crédito para famílias e empresas dos EUA”.

O comunicado reconheceu ainda que a economia americana fez “progresso” em direção às metas do Fed, embora o banco central do país continue as mensais de títulos sem sinalizar qualquer mudança no programa de estímulos.

O Fed compra hoje pelo menos US$ 120 bilhões por mês em títulos, sendo US$ 80 bilhões para o Tesouro e outros US$ 40 bilhões em títulos lastreados em hipotecas.

Há temores no mercado de que as compras em hipotecas poderiam criar outra bolha imobiliária, levando alguns integrantes do Fed a dizerem que estão dispostos a pensar em reduzir as compras desses títulos.

Apesar disso, o presidente da instituição, Jerome Powell, já disse várias vezes que as compras de hipotecas estão tendo apenas um efeito mínimo na habitação. O dirigente fala em coletiva ainda nesta tarde.

Transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos é possível. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.