Redes sociais

Facebook: a rede social que (novamente) vale US$ 100 bilhões

As ações se recuperam em mais de 100% desde a mínima do ano passado, a US$ 17,55

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Pela primeira vez desde o IPO (Initial Public Offering), a ação do Facebook fechou acima dos US$ 38,00 – valor do papel na oferta pública inicial, em maio de 2012. Os papéis da rede social fundada por Mark Zuckerberg tiveram ganhos de 1,50% e encerraram o dia a US$ 38,05 – precificando a companhia a US$ 93,19 bilhões.

As ações se recuperam em mais de 100% desde a mínima do ano passado, a US$ 17,55 – quando a sensação era de que o IPO da companhia havia, na verdade, enganado o mercado, com ações judiciais contra alguns distribuidores na oferta pública. A alta das ações FB ano é de 45,3% – sendo que a ação havia caminhado de lado até o dia 25 de julho.

Tudo isso mudou com a divulgação do resultado do segundo trimestre, naquela data, quando a empresa de Zuckerberg mostrou ao mercado que estava muito melhor posicionada em relação a área de publicidade para dispositivos móveis do que o mercado estimava.

O resultado mostrou receita e lucro muito acima do que o esperado para o Facebook, desencadeando uma série de revisões, junto com aumentos de recomendações. Com isso, Mark Zuckerberg chegou a ganhar US$ 3,8 bilhões em uma única sessão.