Etanol acumula alta de 12,3% nos primeiros três meses do ano

De acordo com IBGE, somente em março, o preço do combustível subiu 4,68%, enquanto que o da gasolina aumentou 0,76%

SÃO PAULO – O preço do etanol subiu 4,68% em março e já acumula alta de 12,28% no primeiro trimestre do ano, de acordo com o IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), divulgada nesta quarta-feira (23) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Segundo o levantamento, a gasolina acompanhou a alta, mas em ritmo menor, ao registrar elevação de 0,76% no mês e de 1,83% de janeiro a março. De forma geral, os combustíveis ficaram 1,09% mais caros no Brasil neste mês e acumulam alta de 2,59% no ano.

Considerando as capitais analisadas, todas registraram aumento nos preços do etanol em março. No período, Goiânia registrou alta de 7,14% nos preços, sendo que, no acumulado do ano, essa capital também também apresentou o maior aumento no preço do etanol, de 20,04%, como é possível observar na tabela abaixo:

PUBLICIDADE
Inflação dos combustíveis em março e no acumulado do ano
CapitalMarço/2010No ano
CombustíveisGasolinaÁlcoolCombustíveisGasolinaÁlcool
Rio de Janeiro1,56% 1,31%3,10%3,11% 2,10%12,46%
Porto Alegre1,79% 1,68%3,84%1,35% 0,95%9,70%
Belo Horizonte1,41%1,46%3,35%5,46%

5,91%

8,79%
Recife0,12%-0,14%1,93%-0,53% -0,70%0,64%
São Paulo1,13%0,57%5,64%2,63%1,60%13,19%
Distrito Federal-0,41% -0,79%4,64%0,83%0,06%10,17%
Belém0,42% 0,23%

2,76%

0,24% -0,18%5,56%
Fortaleza1,21% 1,17%5,61%1,14% 1%8,48%
Salvador-1,22% -1,31%2,23%-1,40%-1,62%7,24%
Curitiba0,28%-0,14%4,32%3,42%2,33%15,13%
Goiânia4,01% 3,83%7,14%5,09%4,11%20,04%
Nacional1,09%0,76%4,68%2,59% 1,83%12,28%

12 meses
Considerando o acumulado de 12 meses terminados em março, na média geral, o preço do etanol está 1,63% mais caro e a gasolina pesa 1,51% a mais no bolso do motorista. Os combustíveis, em geral, ficaram 1,42% mais caros no período.

Nessa comparação, considerando os preços do etanol, os destaques ficaram com Goiânia, que registrou aumento de 11,95% nos preços do combustível. Porto Alegre foi destaque no sentido contrário, por registrar redução de 5,61% no mesmo intervalo, como mostra a tabela a seguir:

Inflação dos combustíveis em 12 meses
CapitalCombustíveisGasolinaÁlcool
Rio de Janeiro1,78% 1,53%-0,10%
Porto Alegre-0,50% -0,22%-5,61%
Belo Horizonte4,05%4,89%-0,05%
Recife3,65%4,29%-0,50%
São Paulo-0,23%-0,14%1,89%
Distrito Federal3,93% 3,99%2,37%
Belém-1,25%-1,03%

-3,78%

Fortaleza4,97%5,72%-2,86%
Salvador-1,36%-1,51%4,21%
Curitiba1,86%1,61%4,24%
Goiânia6,41% 6,08%11,95%
Nacional1,42%1,51%1,63%

GNV e Diesel
Em março, o GNV registrou leve aumento de 0,30%, sendo que a maior alta foi registrada no Rio de Janeiro (2,30%) e a maior queda, em São Paulo (2,43%). No primeiro trimestre do ano, o GNV ficou 3,24% mais barato e, em 12 meses, o combustível já acumula redução de 2,57%.

PUBLICIDADE

O óleo diesel também apresentou leve alta em março, de 0,22%. Já no acumulado do ano, o combustível ficou 1,56% mais caro e, em 12 meses, o aumento é de 1,12%.