Energisa protocola oferta de ações, Fitch reafirma rating da Petrobras e mais notícias

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta segunda-feira (22)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta segunda-feira (22) traz o registro de de oferta pública de distribuição primária de ações ordinárias da Energisa (ENGI11).

A Fitch reafirmou a nota de crédito da Petrobras em “BB“ na escala global, com perspectiva estável, e AAA na escala nacional.

Já a Hapvida (HAPV3) negou política de descumprimento sistemático ou ordenado de decisões judiciais.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A OSX, por sua vez, entrou com um novo pedido de recuperação judicial (RJ).

Confira mais destaques:

Energisa (ENGI11)

A Energisa (ENGI11) protocolou pedido de registro de oferta pública de distribuição primária de ações ordinárias e ações preferenciais de emissão da companhia, sob o rito de registro automático de distribuição, destinada exclusivamente a investidores profissionais, totalizando um montante de, no mínimo, inicialmente, R$ 2,002 bilhões.

Continua depois da publicidade

A oferta compreenderá a distribuição primária de, inicialmente, 78.300.000 ações ordinárias e 121.970.499 ações preferenciais. As ações subscritas no âmbito da oferta serão automaticamente convertidas em certificados de depósito de ações de emissão da companhia (Units), na proporção de uma ação ordinária e quatro ações preferenciais subscritas, de forma que as ações objeto da oferta corresponderão, inicialmente, a até 29.003.061 Units.

Petrobras (PETR3PETR4)

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou que a agência de classificação de risco Fitch reafirmou a nota de crédito da companhia em “BB“ na escala global, com perspectiva estável, e AAA na escala nacional.

Hapvida (HAPV3)

A Hapvida afirmou, em resposta a questionamento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que “não possui qualquer política ou diretriz para o descumprimento sistemático ou ordenado de decisões judiciais”.

Natura (NTCO3)

A Natura (NTCO3) informou que Erasmo Toledo renunciou ao cargo de Diretor Executivo Operacional de Negócios e, em substituição, o conselho de administração aprovou o nome de Agenor Leão de Almeida Junior. Em virtude dessa mudança, a Diretoria da Companhia, cujo mandato unificado de seus membros será até 1º de junho de 2024, será composta por: João Paulo Brotto Gonçalves Ferreira, Diretor-Presidente e Diretor de Relações com Investidores; Ana Beatriz Macedo da Costa, Diretora Jurídica; Agenor Leão de Almeida Junior, Diretor Executivo Operacional de Negócios; e Silvia Lopes Vilas Boas Magalhães, Diretora Financeira.        

OSX

A OSX entrou com um novo pedido de recuperação judicial (RJ). Entre os principais credores financeiros da companhia de construção naval estão a Caixa, Santander e Votorantim, além da Prumo.

Aeris (AERI3)

A Aeris (AERI3) informou que o programa de recompra de ações da companhia, aprovado em reunião realizada em 12 de julho de 2022, com prazo de duração de 18 meses, se encerrou no último dia 12 de janeiro. Desde a criação do programa até a presente data, foram adquiridas 15 milhões de ações ordinárias.