Títulos públicos

Em dia de leilões bem sucedidos, juros da dívida na Europa caem

Após declarações do primeiro ministro Espanhol, títulos do país caem a menor taxa em duas semanas; Portugal vende papéis a juros mais baixos

SÃO PAULO – Com aumento da confiança do mercado, Portugal e Alemanha realizaram leilões bem sucedidos de suas dívidas nesta quarta-feira (19). O mercado mostra entusiasmo com a notícia de que o BoJ (Bank of Japan) surpreendeu ao anunciar um aumento de cerca de US$ 127 bilhões em seu programa de compra de títulos, que perdurará até o fim de 2013.

A Alemanha vendeu € 4,084 bilhões em títulos com prazo de dois anos a uma taxa de 0,06%. A média da demanda pelos papéis foi de 2,1 investidores para cada título, ante 1,5 registrado em agosto, mês em que o país vendeu título a uma taxa de 0%.

Portugal, por sua vez, informou que vendeu € 2 bilhões em títulos com maturação de 12 e 18 meses. No primeiro, foram vendidos € 709 milhões, com resgate em março de 2013, com taxa de 1,7% de juro, ante 2,3% da operação anterior. No seguinte – com vencimento em março de 2014 – foi vendido € 1,291 bilhão, com o menor juro desde 2010, aos 2,9%, perante juro antecedente de 4,5%.

PUBLICIDADE

Na Espanha, os títulos chegaram a cair a menor taxa no intraday em duas semanas, após as declarações do primeiro ministro, Mariano Rajoy, de que o governo está comprometido em cortar o déficit do país.

PaísRendimentoVariaçãoSpread vs. Bund*
Grécia20,25%-1,89%+18,64%
Portugal8,65%-0,07%+7,04%
Itália4,98%-1,68%+3,37%
Espanha5,77%-2,32%+4,16%
França2,27%-0,18%+0,66%
Alemanha1,61%-1,96%

* Diferença calculada em pontos percentuais. Fonte: Bloomberg