Temporada de balanços

Eletromidia (ELMD3) mais que triplica lucro no 4º trimestre, para R$ 22,4 milhões

No acumulado do ano, a empresa reverteu o prejuízo de 2020, que foi de R$ 31,001 milhões, a lucro líquido ajustado de R$ 12,296 milhões

Por  Fernando Lopes -

A Eletromidia (ELMD3) informou no quarto trimestre de 2021 (4T21) lucro líquido ajustado de R$ 22,427 milhões, o que representa 203,8% em relação aos R$ 7,382 milhões reportados no 4T20.

No acumulado do ano, a empresa reverteu o prejuízo de 2020, que foi de R$ 31,001 milhões, e chegou a lucro líquido ajustado de R$ 12,296 milhões.

O ajuste do lucro é feito excluindo-se especialmente as despesas de amortização de intangíveis decorrentes das aquisições de empresas ocorridas no período – Moohb, NoAlvo e Otima.

O Ebitda ajustado chegou a R$ 62,039 milhões no 4T21, contra R$ 29,389 milhões no 4T20, uma alta de 111,1%. É o maior patamar já alcançado na história da Eletromidia. A margem Ebitda ajustado avançou 8 pontos percentuais, para 35,6%.

Da mesma forma, no ano de 2021, houve uma alta expressiva, na comparação com o acumulado em 2020: 294,2%, saindo de R$ 22,004 milhões e chegando a R$ 86,736 milhões. A margem Ebitda ajustado acumulado no ano viu um crescimento de 12,7 pontos percentuais, para 20,9%.

A receita líquida avançou 63,7% no 4T21, para R$ 174,245 milhões, contra os R$ 106,471 milhões do 4T20.

A alta acumulada em 2021 em relação a 2020 foi de 54,9%: R$ 415,698 milhões, contra R$ 268,303 milhões.

Mais sobre balanço da Eletromidia (ELMD3)

A empresa disse que 2021 foi “um ano transformacional para a Eletromidia”.

“Em fevereiro de 2021, inauguramos um novo capítulo na história da companhia com o IPO, reafirmando os fundamentos de longo prazo como a primeira companhia do setor de mídia listada na B3”, lembrou, em mensagem da administração.

“Avançamos de forma significativa a nossa tese de expansão durante o ano, realizamos 3 aquisições, apresentamos captação e instalação recorde no segmento residencial, aumentamos nossa presença em importantes cidades brasileiras e vencemos a concessão para atuar no aeroporto de Congonhas”.

“Com os recursos levantados no IPO e disciplina na alocação de capital, fomos capazes de capturar diversas oportunidades transformacionais para o negócio”, completou. “A nossa agenda de expansão foi direcionada para os três grandes pilares de crescimento da companhia: Core Business, Transformação Digital e Negócios Adicionais”.

No 4T21, os custos dos serviços prestados totalizaram R$ 123,9 milhões, aumento de R$ 53,6 milhões sobre o custo de R$70,4 milhões do 4T20, explicado principalmente pela reclassificação dos saldos da depreciação que estavam alocados em “Despesas Gerais e Administrativas”, no valor de R$ 41,4 milhões, e pelo crescimento da receita no período.

“Para facilitar a comparação, quando excluímos o efeito da reclassificação, o custo do trimestre totalizaria R$ 82,5 milhões, em linha com o crescimento da receita”, salienta a Eletromidia.

Por fim, a empresa encerrou o trimestre com uma rede total de 61.021 painéis (+11% vs. 4T20), atingindo 43.809 faces digitais (+16% vs. 4T20).

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe