Dólar opera de olho no mercado externo e segue em queda nesta segunda-feira

Divisa é cotada a R$ 1,715; sem indicadores nos EUA, moeda responde às notícias positivas que sopram da Grécia

SÃO PAULO – O dólar comercial segue operando nesta segunda-feira (13) em queda de 0,63%, cotado a R$ 1,715, influenciado pelo cenário externo de menor aversão ao risco.

O motivo de maior otimismo nos mercados é a aprovação, na véspera, do pacote grego de medidas exigidas pela Troika. O objetivo é garantir o segundo pacote de ajuda à Grécia, no valor de € 130 bilhões. O país necessita do financiamento até 20 de março, quando terá que reembolsar em € 14,5 bilhões os credores de dívida pública.

Entre os termos do acordo, estavam medidas impopulares, como um corte de 22% no salário mínimo e novas reduções das pensões, de modo a reduzir os gastos neste ano em € 3,3 bilhões. O documento inclui também um novo calendário de privatizações e planos de reformas estruturais de nível fiscal, projetando um superávit orçamental primário de pelo menos € 3,6 blhões no próximo ano.

Sendo assim, no câmbio externo a moeda apresenta queda diante do euro (-0,28%), da libra (-0,15%) e do franco suíço (-0,24%), mas valoriza-se perante o iene (-0,08%).

Indicadores
A agenda desta segunda-feira não contará com indicadores relevantes nos Estados Unidos. Por aqui tivemos o relatório Focus, divulgado pelo Banco Central, que reduziu quase todas projeções para fevereiro, exceto IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Ainda nesta data, por volta das 15h (horário de Brasília), o Ministério de Comércio Exterior reporta o resultado semanal da balança comercial.