Temporada de balanços

Dexxos Par (DEXP3;DEXP4) lucra 11,6% a menos no 4º trimestre, para R$ 21,7 milhões

Já a receita líquida da companhia mais que dobrou no período

Por  Felipe Moreira -

Correção: ao contrário do informado anteriormente, a dívida líquida da companhia foi de R$ 382,9 milhões no final de dezembro de 2021, crescimento de 63% em relação ao mesmo período de 2020.

A Dexxos Participações (DEXP3;DEXP4) (ex-GPC) registrou lucro líquido de R$ 21,7 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa uma redução de 11,6% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Em termos ajustados, a companhia lucrou R$ 55,4 milhões no 4T21, um crescimento de 167,7% na comparação com igual etapa de 2020.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 111,9% no último trimestre do ano passado, totalizando R$ 83,7 milhões.

Já a margem Ebitda ajustado atingiu 15% no quarto trimestre de 2021, alta de 0,8 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

A receita líquida somou R$ 558 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 101,1% na comparação com igual etapa de 2020.

O lucro bruto totalizou R$ 96,8 milhões no 4T21, um crescimento de 69,1% em relação ao mesmo trimestre de 2020, impulsionado pelo aumento do volume de vendas e ganhos de escala.

A margem bruta atingiu 17,3% no último trimestre de 2021, baixa de 3,3 p.p. na comparação anual.

A dívida líquida da companhia ficou em R$ 382,9 milhões no final de dezembro de 2021, crescimento de 63% em relação ao mesmo período de 2020.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 1,2 vez em dezembro/21, queda de 0,3 vez em relação ao mesmo período de 2020.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe