Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

Day Trade Hoje: O que esperar dos minicontratos e do Ibovespa nesta segunda-feira

Na agenda, indicador de Incerteza Econômica de março e reunião de Lula com ministros

Felipe Alves

Day Trade Ao Vivo no Arena Trader. Conteúdo XP

Publicidade

O Ibovespa fechou a última semana no positivo, completando a segunda semana consecutiva em alta. Com isso, registrou alta de 0,89%, aos 128.106 pontos. Ao longo da semana, o ativo teve entrada de força vendedora, chegando a testar a faixa dos 126.000 pontos, onde impulsionou o índice para cima, fazendo com que fechasse no positivo e acima dos 128.000 pontos. O ativo segue com força compradora, negociando acima das médias e tem potencial para continuidade. Caso busque correção após alta recente, tende a buscar a faixa de médias.

Com base no gráfico de 60 minutos do Ibovespa, o analista gráfico Rodrigo Paz observa que o ativo segue em reação compradora após sequência baixista. Isto ocorreu após atingir suporte na região de 126.270 pontos, onde entrou força compradora impulsionando o índice para cima.

Para que o ativo siga o fluxo comprador, deverá se manter acima da faixa de 128.000 pontos, e superar a média de 200 períodos nos 128.300 pontos. Segundo Paz, caso rompa, tende a ganhar fôlego para buscar novas faixas de resistência. Rompendo tal região, tende  a resistência nos 129.300/129.550, com alvo mais longo nos 129.700/130.200 pontos. 

Curso gratuito

Semana do Trader Sossegado

Uma semana de conteúdo prático e gratuito para você ter ganhos consistentes na bolsa operando apenas 30 minutos por dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Caso o ativo busque retomar as vendas, deverá romper a região de médias nos 127.880/127.375 pontos. Rompendo tal faixa, poderá ganhar fôlego a fim de buscar região de suporte nos 126.750, com alvo mais longo na região de 126.270/126.070 pontos.

Day Trade hoje: Agenda

Na agenda de hoje no Brasil, destaque para o IPC-S semanal (8h), PMI da Indústria de transformação de março (10h) e indicador de Incerteza Econômica de março (10h15). Às 15h, o presidente Lula se reúne com Ministro da Casa Civil, Rui Costa, Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira.

Nos EUA, destaque para o PMI da indústria de transformação de março (10h45) e ISM da indústria de transformação de março (11h, expectativa Reuters de 48 pontos).

Mercados internacionais

Às 7h50, os futuros em NY operavam em alta: Dow, +0,27%; S&P500, +0,38%; e Nasdaq, +0,56%. Na Europa, as bolsas permanecem fechadas por conta do feriado, e na Ásia, a bolsa de Tóquio caiu 1,40% e de Xangai subiu 1,19%.

Nos EUA, o rendimento dos títulos de 10 anos sobe para 4,210%, e o índice do dólar (DXY) opera em alta de 0,04%, aos 104,59 pontos.

Enquanto isso, o petróleo do tipo WTI cai a US$ 82,95, com -0,26%, e o do tipo Brent recua 0,34%, a US$ 86,68.

Na bolsa de Dalian, o minério teve alta de 2,61%, a 768,00 iuanes, o equivalente a US$ 106,22.

Minicontratos

Os contratos de mini-índice (WINJ24), com vencimento em abril, fecharam em alta na última quinta-feira, registrando alta de 0,56%, aos 128.740 pontos.

Assim, com base no fechamento da última quinta-feira, aos 128.740, o analista técnico Rodrigo Paz aponta como resistências 129.000/129.310 (1), 129.740/130.000 (2) e 130.655 (3). Enquanto isso, os suportes encontram-se em 128.480 (1), 128.000/127.815 (2) e 127.095/126.830 (3).

“Para o pregão de hoje (segunda), os traders devem se atentar para possível continuidade do movimento comprador do índice, pois negocia entre médias, e caso supere a faixa de 129.000 pontos, poderá ganhar novo impulso comprador. Em caso de correção, vale atenção à faixa de 128.480/128.000 pontos”, aponta Paz. 

Os contratos de minidólar (WDOK24), com vencimento em maio, fecharam no positivo pelo terceiro dia consecutivo, registrando alta de 0,63%, aos 5.037 pontos.

Assim, com base no fechamento da última quinta-feira, aos 5.037 pontos, o analista técnico Rodrigo Paz aponta como suportes 5.031,5/5.025 (1), 5.020,5/5.014,5 (2) e 5.003,5 (3). Enquanto isso, as resistências encontram-se em 5.040  (1), 5.052/5.059 (2) e 5.071 (3).

Com base no gráfico de 15 minutos observa-se que o contrato do minidólar negocia em alta e mostra potencial para continuidade. Porém, vale atenção ao distanciamento das médias devido às altas recentes que podem ocasionar movimentos de correção.

Suporte e resistência

Confira, agora, os principais pontos de suporte e resistência para os minicontratos de dólar e de índice para esta segunda-feira.

Confira mais conteúdos sobre análise técnica no IM Trader. Diariamente, o infomoney publica o que esperar dos minicontratos de dólar e índice. A corretora feita de trader para trader. Abra sua conta na Modal.