Mineração

CSN Mineração (CMIN3) reconhece que os resultados do 4º trimestre poderiam ser melhores; ações fecham em queda de cerca de 3%

Volatilidade no preço do minério de ferro, alta do frete marítimo e incertezas de consumo na China comprometeram o resultado no 4º trimestre

Por  Augusto Diniz -

Elevada volatilidade em relação ao preço do minério de ferro, alta do preço do frete marítimo e incertezas de consumo na China do produto comprometeram o resultado da CSN Mineração (CMIN3) no quarto trimestre de 2021.

Ontem à noite, a CSN Mineração divulgou um lucro líquido de R$ 704 milhões, cifra 58,1% menor do que o R$ 1,3 bilhão registrado em igual período de 2020. A queda do lucro se deu, em parte, pelo menor volume de minério de ferro vendido.

Em apresentação sobre os resultados a analistas de mercado nesta quinta-feira (10), Benjamin Steinbruch, presidente do conselho de administração do Grupo CSN, do qual pertence a CSN Mineração, afirmou que “as coisas poderiam ser melhores” no quarto trimestre.

Segundo o executivo, “com a queda do mercado, nós optamos manter as margens e segurar um pouco o faturamento. Por isso, estamos iniciando com bastante estoque, que é bom”.

Ele afirmou ainda que a demanda continua forte. “Certamente esses aumentos de preço de matéria-prima, eles vão permanecer. Na verdade, a gente vai tirar proveito disso”, disse.

“Nós estamos iniciando 2022 muito melhor do que iniciamos ano passado”, afirmou Steinbruch.

Steinbruch comentou que a empresa cumpriu o que se propôs a fazer, apesar de todas as dúvidas e incertezas quando do lançamento da CSN Mineração, com compromisso dos investimentos, do aumento de produção e redução de custos.

As ações da CSN Mineração começaram a ser negociadas na B3 no dia 18 de fevereiro do ano passado.

No pregão desta quinta-feira, após o balanço, as ações fecharam em queda de 3,13%, a R$ 6,50, após chegarem a cair 5,81% na mínima do dia.

Chuvas em janeiro teve impacto de 1 mi/t de minério de ferro

A CSN Mineração (CMIN3) informou que as chuvas interromperam a extração de minério de ferro, na planta de Congonhas (MG), por aproximadamente uma semana no mês de janeiro último, gerando impacto de 1 milhão de toneladas.

Entretanto, a mineradora informa que confia na capacidade de compensar a parada nos períodos secos do ano, e segue a guidance de 2022 de alcançar uma produção de 39-41 milhões de toneladas de minério de ferro.

A companhia informou ainda que apesar das fortes chuvas, a estrutura das barragens continuou com níveis máximos de estabilidade.

Plano de ampliação mantido

A empresa reforçou o plano de expansão da planta em Congonhas (MG), com a implantação da unidade de beneficiamento do minério de ferro de itabirito – hoje, somente o minério de ferro da hematita é extraído da planta.

A nova planta de beneficiamento agregaria mais 19,4 milhões de tonelada ao ano de capacidade de produção à CSN Mineração em Minas Gerais. A produção no do ano passado da CSN foi de 36,1 milhões de toneladas.
Remuneração de acionistas

No 4T21, a CSN Mineração aprovou a abertura do seu segundo programa de recompra para a aquisição de até 53.000.000 ações. Até o final de 2021, foram recompradas 99% das ações alvo desse programa a um preço médio de R$ 6,21 por ação.

Além disso, a administração aprovou, sujeita a ratificação na AGO, dividendos totais de R$ 2,5 bilhões. Quando somados aos demais dividendos já distribuídos, temos um payout de 80% sobre o lucro do ano.

Análise do balanço da CSN Mineração

Para o Bradesco BBI, a realização de preços mais fracos levou à piora nos resultados. Segundo os analistas, os resultados do 4T21 permanecem bem abaixo do potencial da companhia.

Assim, avaliaram, a CSN Mineração relatou números fracos no 4T21 após um 3º trimestre já desafiador,
com Ebitda -11% abaixo das expectativas do Bradesco BBI.

Entretanto, destacaram, por mais que os resultados tenham sido realmente fracos, eles não refletem a taxa de execução do Ebitda da empresa, uma vez que os ajustes provisórios de preços continuaram a levar a uma menor realização de preços, uma tendência que pode reverter nos próximos trimestres, já que os preços do minério de ferro se recuperaram fortemente (e devem permanecer em níveis saudáveis níveis nos próximos meses).

Segundo a XP, a CSN Mineração divulgou números abaixo do esperado no quarto trimestre de 2021, devido aos menores volumes e aumento nos custos. O Ebitda ajustado ficou 25% abaixo das estimativas da casa e 29% abaixo do consenso, destacaram.

Os principais destaques foram os menores volumes de vendas e a forte queda nos preços do minério de ferro. O caixa líquido atingiu R$ 6,1 bilhões, ou 0,6x Ebitda, devido à geração de caixa negativa no trimestre. O Fluxo de Caixa Livre ajustado da mineradora no 4T21 foi negativo em -R$ 436 milhões devido ao Capex e aumento do capital de giro.

No mais, a XP reiterou recomendação de compra para CSN Mineração, com preço alvo de R$ 7,80, considerando a expectativa de crescimento da empresa e o valuation atrativo.

Por fim, o Morgan Stanley avaliou que o Ebitda de R$ 850 milhões ficou bem abaixo do consenso de R$ 1,238 bilhão, explicados pela queda nos preços e embarques de minério no período.

O banco permanece overweight no papel, com preço-alvo de R$ 7,50.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe