Criptoativos

Bitcoin estabiliza com vencimento de opções no radar e mais assuntos que vão movimentar o mercado de criptos hoje

Preço abaixo dos US$ 60 mil beneficia quem comprou quase 4 mil contratos de opção de venda que vencem na sexta-feira (19).

Por  Paulo Alves -

SÃO PAULO – O mercado de criptomoedas ameniza a volatilidade dos últimos dias com o Bitcoin (BTC) sendo negociado perto do nível de US$ 59 mil e afastando, por ora, um risco de queda mais brusca. A moeda digital opera perto da estabilidade, assim como a maioria dos ativos com maior valor de mercado, mas ainda acumula perdas de aproximadamente 9% na semana e quase 15% desde que bateu a máxima de US$ 69 mil.

No radar do investidor está o vencimento de US$ 1,1 bilhão em contratos de opções que vencem na sexta-feira (19) e até aqui beneficiam quem apostou na queda do ativo digital. Se os preços se mantiverem como estão, 3.840 contratos poderão ser liquidados com opção de venda de Bitcoin por um preço mais alto que o atual, dando aos compradores um lucro imediato na operação.

Quer aprender a investir em criptoativos de graça, de forma prática e inteligente? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir

Por outro lado, alguns analistas apontam que dados da rede da criptomoeda sugerem um menor apetite de traders por posições compradas, ou seja, que lucram com a subida dos preços. O comportamento voltaria a injetar uma dose de saúde ao mercado, reduzindo as chances de maiores eventos de volatilidade pela frente.

“A queda parece estar relacionada à alavancagem excessiva no sistema e que está sendo eliminada”, afirmou Jan Wuestenfeld, analista da casa de análise CryptoQuant. “Enquanto os fundamentos da rede não mudarem com essas correções de preços, a perspectiva de médio prazo permanece otimista”, pontuou.

No top 10 por capitalização de mercado, o destaque fica com a Polkadot (DOT), que sobe 3,8% após forte queda que passa de 13% na semana. Já a Binance Coin (BNB) se segura nos US$ 568 e o Ethereum (ETH) é negociado em terreno positivo, com avanço de 1,4% no dia, para US$ 4.212.

O destaque no dia, no entanto, é a criptomoeda Crypto.com Coin (CRO), que dispara quase 30% após a exchange Crypto.com fechar acordo de US$ 700 milhões para adquirir os naming rights do estádio Staples Center, do Los Angeles Lakers, um dos times mais famosos da NBA, a liga de basquete profissional dos EUA.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 59.389,73+0,1%
Ethereum (ETH)US$ 4.212,95+1,4%
Binance Coin (BNB)US$ 568,60+1,6%
Solana (SOL)US$ 209,11-1,3%
Cardano (ADA)US$ 1,09+1,3%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Crypto.com Coin (CRO)US$ 0,573476+29,7%
Gala (GALA)US$ 0,212328+27,9%
The Sandbox (SAND)US$ 4,05+24,1%
Algorand (ALGO)US$ 1,91+16,9%
Kadena (KDA)US$ 21,28+13,8%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
IoTeX (IOTX)US$ 0,183675-12,9%
Loopring (LRC)US$ 2,35-12,0%
Arweave (AR)US$ 53,93-11,9%
Hedera (HBAR)US$ 0,394185-5,1%
Chiliz (CHZ)US$ 0,461656-5,0%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 62,06+1,07%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 79,45+0,44%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 71,84+3,07%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 21,28+2,16%
QR Ether (QETH11)R$ 17,39+1,15%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta quinta-feira (18):

Faturamento da Nvidia com chips de mineração despenca no 3º tri

O faturamento da fabricante de semicondutores Nvidia com a comercialização de chips voltados para equipamentos de mineração despencou 60% no terceiro trimestre do ano fiscal 2022

Segundo informações do último balanço da empresa divulgado ontem, o chip Cryptocurrency Mining Processor (CMP), lançado em fevereiro, registrou US$ 105 milhões em vendas, contra mais de US$ 260 milhões no trimestre anterior

O hardware é voltado especificamente para minerar Ethereum, atividade que tem prazo previsto para acabar em junho de 2022, quando a plataforma de contratos inteligentes irá abandonar o sistema atual de mineração.

Por outro lado, a Nvidia diz que espera que as vendas caiam de forma “muito insignificante” no quarto trimestre. Além disso, o resultado geral da empresa é positivo, com salto nos lucros de 50% no ano, para US$ 7,1 bilhões.

Deputados dos EUA querem alterar trecho sobre cripto em projeto de infraestrutura

Um grupo bipartidário de deputados dos EUA apresentou um projeto de lei para alterar trechos relacionados às criptomoedas no projeto de infraestrutura trilionário assinado pelo presidente Joe Biden na segunda-feira (15).

O documento, intitulado “Keep Innovation in America Act” (Manter a Inovação na América, em tradução livre) propõe alterar a definição de um corretor de criptomoedas incluída no projeto de infraestrutura aprovado e assinado.

Entusiastas e investidores do setor cripto temem que a definição atual iguale perante a lei atividades muito distintas como a corretagem em bolsa e a mineração de criptoativos.

A legislação recém-aprovada prevê que todos os atores do mercado classificados como corretores devem informar dados dos clientes, entre outras obrigações que, na visão dos defensores de cripto, freariam a inovação no setor.

O projeto também visa tratar das transações entre corretores e não corretores, além de modificar uma disposição da nova lei que altera um trecho do código tributário.

CoinPayments lança solução de pagamentos com criptos para o varejo no Brasil

A processadora de pagamentos CoinPayments anunciou que começará a oferecer uma solução de pagamentos com criptomoedas para varejistas brasileiros após parceria com a fintech Shipay.

O objetivo é expandir uma carteira que já conta com mais de 500 mil pontos de venda físicos e 10 mil e-commerces com a solução de integração em funcionamento.

Os lojistas que aderem podem aceitar mais de 2 mil criptomoedas processadas pela CoinPayments e manter os valores em criptos ou convertê-los para reais.

“Esse é o primeiro passo para que o varejo também possa aproveitar a segurança e agilidade das criptomoedas, além de popularizar ainda mais esse ativo não só como fonte de investimento, mas também como algo útil para ser usado em nossas compras”, explica Rubens Neistein, Business Manager da CoinPayments.

Leia também: Empresa de blockchain ConsenSys levanta US$ 200 mi e se torna unicórnio avaliado em US$ 3,2 bi

Quer aprender a investir em criptoativos de graça, de forma prática e inteligente? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir

Compartilhe