Mais uma OPA

Controladores querem tirar Autometal da Bolsa pagando “prêmio” de 12% ao acionista

Em comunicado ao mercado, a empresa informou que controladoras pretendem fechar o capital social da empresa com OPA

Por  Leonardo Silva -

SÃO PAULO – Os controladores da Autometal (AUTM3), a CIE Automotive e a CIE Autometal, pretendem realizar uma OPA (Oferta Pública de Aquisição) das ações da companhia, com o intuito de fechar o capital da fabricante de autopeças. O valor a ser pago poderá movimentar até R$ 607,2 milhões, levando-se em conta os termos ofertados pelos controladores.

Segundo comunicado, a as ofertantes pretendem pagar R$ 19,11 por ação no leilão da OPA, o que corresponde a um prêmio de 12,15% em relação ao fechamento do papel na última segunda-feira (R$ 17,04). A oferta será destinada a todas as 31,1 milhões de ações em circulação da companhia, o que corresponde 25,24% do seu capital social – vale mencionar que os 74,76% restantes das ações estão sob posse da CIE Autometal. A oferta

A CIE Automotive informou ainda que poderá fazer o pagamento em ações de sua própria emissão, caso os acionistas da Autometal prefiram dessa forma. Contudo, essa possibilidade será limitada a 50% do montante máximo de papéis da Automotel a serem adquiridos no âmbito da oferta.

Adesão e “preço máximo”
Embora a OPA ainda tenha que ser aceita pelos acionistas, um grande investidor da Autometal já topou participar do leilão: a Gávea Investimentos, gestora pertencente ao ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, que detém 10 milhões de ações da Autometal – o que representa 8,01% do capital social. A gestora de recursos já manifestou sua intenção de aderir à OPA nas condições propostas pelos controladores.

Por fim, a CIE Automotive já disse ter solicitado a convocação de uma assembleia geral extraordinária para que os acionistas da Autometal deliberem sobre a contratação de uma instituição financeira especializada para elaborar o laudo de avaliação do preço justo das ações, com base em uma lista de três nomes apresentada pelo Conselho de Administração.

Mesmo que o laudo ainda venha a ser elaborado, a CIE já deixa um recado aos acionistas na carta enviada à Autometal: “a OPA somente será efetivada pela ofertante caso o valor máximo de R$ 19,11 reais por ação esteja contido na faixa de preço justo das ações da companhia”.

Compartilhe