CONTEÚDO PATROCINADO

Conheça a infraestrutura de rede que a Cisco criou para os Jogos Rio 2016

Infraestrutura dos Jogos será composta por 12 mil dispositivos de rede e 500 servidores UCS

A cidade do Rio de Janeiro se prepara para receber o maior evento esportivo do mundo: os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. As obras estão na etapa de finalização e a cidade já entra no clima para receber aproximadamente 10 mil atletas de 200 países de todas as partes do mundo.

No que diz respeito à infraestrutura, os Jogos Rio 2016 têm uma característica desafiadora, pois em apenas 19 dias realizará 306 disputas, com competições que ocorrerão simultaneamente em diferentes localidades da cidade, demandando alta disponibilidade de rede, dados e velocidade das soluções tecnológicas. Para suprir essa demanda serão necessários serviços de mais de 5 mil profissionais de TI e Telecomunicações.

A Cisco é apoiadora oficial dos Jogos e tem trabalhado para fornecer produtos e serviços de Rede e servidores  para suportar a transmissão de dados (áudio e imagens) entre todas as instalações utilizadas pelo evento.  A tecnologia da Cisco vai conectar milhares de pessoas, patrocinadores, colaboradores da Rio 2016, voluntários, atletas e imprensa. Esta é a segunda vez que a Cisco é apoiadora oficial do evento, a primeira vez foi na Olimpíadas de Londres, em 2012.

PUBLICIDADE

O cenário calculado para o evento conta com mais de 5 mil horas de transmissão ao vivo, 4,8 bilhões de expectadores globais, e infraestrutura para 38 instalações oficiais em quatro núcleos – Barra, Deodoro, Maracanã e Copacabana.

Para suportar tudo isso, estarão em funcionamento mais de 100 mil portas de rede (LAN), aproximadamente 8 mil rádios Wi-Fi, 150 dispositivos de segurança de rede (Firewall e IDS/IPS) e cerca de 500 servidores Cisco UCS. Mais de 12 mil dispositivos de rede e 50 toneladas de equipamentos foram utilizados para construir a plataforma de rede e de computação para garantir o sucesso dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

Cisco UCS